Plano de Cargos e Salários aprovado sem alterações

Pinhão – Foi aprovado na ultima sessão do legislativo pinhãoense, o projeto que trata da implantação do Plano de Cargos e Salários do executivo municipal. Todos os vereadores foram favoráveis, porém não deixaram de expressar descontentamento com o que avaliaram como “falhas”. O vereador Dirceu de Oliveira disse ter ficado frustrado. “Esse projeto gerou muitas discussões, e nós vereadores não pudemos fazer muita coisa”.
O projeto entrou na Câmara diversas vezes, a última foi em fevereiro deste ano, quando foi aprovado em primeira votação e depois retirado de pauta para ser melhor discutido, visto que apresentava algumas falhas.
Segundo o presidente da Câmara, Denílson José de Oliveira, uma empresa de consultoria chegou a ser contratada para auxiliar nos debates. Dentre as principais falhas estão a ausência de alguns cargos como maestro, agente de defesa civil, merendeira. O salário de médico foi considerado muito baixo, cerca de R$ 2 mil . “Todos sabem da dificuldade de trazer médico para as cidades pequenas, e qual médico faria o concurso para Pinhão por esse salário?”, questionou Dirceu.
Após as discussões, a assessoria jurídica da Câmara alertou os vereadores que não caberia ao legislativo fazer as emendas, já que isso acarretaria impacto no orçamento, sendo isso de competência do executivo.
A aprovação do projeto era bastante aguardada, visto que a realização do concurso público, dependia disso. E foi por este motivo que os vereadores resolveram aprovar o projeto, pois se fosse retirado ou desaprovado, só poderia voltar à Câmara no ano que vem. “Aprovamos o projeto mesmo com essas falhas, mas com o comprometimento do prefeito, de que serão feitas as adequações necessárias”, explicou o vereador Denílson José de Oliveira.
O presidente do Sindicato dos Funcionários Públicos de Pinhão – Sifumpi, João Maria de Camargo (foto), disse que ficou satisfeito com a aprovação e espera que a lei seja sancionada e posta em prática. “A realização do concurso pairava sobre essa aprovação, acredito que agora vai”. Segundo ele serão ofertadas cerca de 250 vagas.
“Para nós servidores é importante que seja realizado o concurso público, porque são novos contribuintes para a previdência, além de possibilitar a estabilidade dentro do emprego, e a qualificação do profissional”, destacou João Maria.
Segundo o presidente do Sifumpi, atualmente na folha de pagamento da prefeitura, os cargos efetivos representam apenas 33% contra 67% de estagiários e cargos de comissão.
Sobre as falhas no projeto do Plano de Cargos e Salários, João Maria disse que confia no comprometimento do prefeito para fazer as adequações. “O Plano de Cargos e Salários era uma reivindicação antiga, e agora finalmente foi aprovado. Sabemos das falhas existentes, mas confiamos que executivo cumpra com o prometido de enviar à Câmara um projeto complementar resolvendo essas questões”, disse ele.
Ele informou também que o prefeito se comprometeu com o Sindicato a corrigir o salário dos funcionários e acordo com o índice de inflação no mês de novembro. (Fatos do Iguaçu )

Relacionadas

ALAGAMENTO

Bombeiros resgatam 50 pessoas devido à forte chuva em Irati

PAGAMENTO DO IPVA

Receita Estadual prorroga prazo para pagamento do IPVA

ALERTA!

Instituto Nacional emite alerta de tempestade para Região

Comentários