Plano de Gestão de Resíduos conta com a participação da população

A atualização do Plano Municipal de Resíduos Sólidos institui aos municípios medidas de atenção ao tratamento dos resíduos sólidos

A atualização institui aos municípios medidas de atenção ao tratamento (Imagem: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

A Prefeitura de Guarapuava quer envolver a população local nas discussões e decisões sobre a gestão dos resíduos sólidos e por isso, criou uma pesquisa on-line. De acordo com a Secretaria de Comunicação da Prefeitura, é imprescindível que a população participe diretamente, principalmente, quando o assunto em discussão é o ambiente em que vivemos, com reflexo direto em nosso futuro.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Celso Araújo, a atualização e adequação do Plano Municipal de Resíduos Sólidos, ocorre a cada quatro anos e projeta metas voltadas ao cuidado com os resíduos produzidos na cidade nos próximos 20 anos. “Dividimos essa atualização em alguma etapas e, a participação popular é fundamental para definirmos os caminhos que devemos seguir, considerando o cenário local”.

A atualização do Plano Municipal de Resíduos Sólidos atende a Lei Federal 12.305/10, que institui aos municípios medidas de atenção ao tratamento dos resíduos sólidos. Em Guarapuava, o plano foi dividido em cinco etapas, que são elaboradas e executadas pela empresa Envex Engenharia, vencedora do processo licitatório.

Neste momento, a empresa busca ouvir a população para que o plano cumpra com as demandas ambientais da cidade. Conforme o engenheiro ambiental da Secretaria de Meio Ambiente, Cleverson Luiz Dias Mayer, todos podem contribuir para melhorar o futuro. “Na primeira fase, a empresa propôs o plano de trabalho. Agora, é o momento da população opinar e mostrar o que deseja que a gestão mude em relação aos resíduos sólidos”.

COMO PARTICIPAR

Os guarapuavanos podem participar respondendo os questionários on-line até 5 de junho. A pesquisa é composta por perguntas específicas, como produção de sacos de lixo orgânicos e recicláveis, locais de descarte e coleta.

Além disso, vale lembrar que as pesquisas também são segmentadas para todo o público, com questionários diferentes. Desse modo, a população, o comércio e serviço, as indústrias e a agricultura e as agroindústrias possuem perguntas diferentes que devem ser respondidas nos questionários separados.

Desse modo, a elaboração deve seguir contanto com a participação da comunidade em audiências públicas, previstas para etapas futuras.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

MEIO AMBIENTE

Audiência pública apresenta sugestões sobre resíduos sólidos dia 30/09

UTILIDADE PÚBLICA

Energisa divulga desligamento programado para Guarapuava

NOVA FILIAL

Zero Resíduos expande operações para cidade de Guarapuava

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com