Policiais continuam sendo agredidos quando coíbem festas

Em Laranjeiras do Sul, policiais militares flagraram aglomeração em caso com mais de 20 pessoas. Dono da festa agrediu, ameaçou e foi preso

Policiais continuam sendo agredidos quando coíbem festas  (Foto: Reprodução/Pixabay)

Mais uma vez policiais são agredidos quando tentam conter a aglomeração de pessoas em festas. A proibição consta em decretos municipal estadual e nacional para evitar a propagação do novo coronavírus. Porém, mesmo assim, festas têm ocorrido com frequência.

De acordo com a Polícia Militar, esse foi um caso registrado em Laranjeiras do Sul na noite de sexta (17). Por volta das 18h30 a Polícia Militar recebeu uma denúncia de que numa casa havia aglomeração de pessoas e som alto. Já no endereço indicado a polícia encontrou 20 pessoas. Uma senhora se apresentou como sendo a dona da casa e que se tratava de uma festa de aniversário.

Entretanto, o companheiro da mulher, segundo a PM, visivelmente embriagado, começou a insultar a equipe. “Por que vocês não vão procurar bandido? Aqui vocês não entram. Aqui vocês não mandam nada”.

Conforme a PM, por várias vezes a companheira e outra pessoa tentaram contar o homem, mas sem êxito. Agressivo, o homem teve de ser contido pelos policiais. Porém, cinco homens tentaram coagir a equipe para impedir a prisão. “Vocês não vão levar ele. Ele não é bandido e nós que pagamos o salário de vocês. Vocês não mandam”.

Segundo a polícia, um dos policiais disparou um tiro no chão para evitar que os populares continuasse investindo contra a equipe.

AMEAÇAS

Conforme a PM, já dentro da viatura, com o homem sendo levado para a Delegacia, as ameaças continuaram. Ele dizia ter familiares influentes em Rio Bonito do Iguaçu e um parente na Policia Civil. De acordo com a PM,  ele dizia ainda que a equipe teria que gastar muito dinheiro com advogado para se defender. “Vocês acham que não tenho dinheiro, vocês vão ver, vou pegar um advogado e arregaçar com a vida de vocês. E você vai ver seu polaco azedo, quando eu te achar sem farda. Por que você não vem quando eu estou são?”,  questionou referindo-se a um dos policiais.

Porém, como o homem sofreu escoriações ao cair ainda na casa, ele foi levado para atendimento médico e em seguida foi preso.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

COVID-19

HR de Guarapuava registra oito mortes desde início dos atendimentos

LUTO

Saúde de Pinhão registra primeira morte por covid-19

RODOVIA FEDERAL

Duas pessoas ficam em estado grave após acidente na BR-373

Comentários