PRF flagrou 284 pessoas sem cinto e 21 motoristas bêbados no feriado

Na 'Operação Nossa Senhora Aparecida', a PRF fez quase três flagrantes por hora durante os quatro dias de operação

PRF flagrou 284 pessoas sem cinto e 21 motoristas bêbados no feriado (Foto: Ascom/PRF)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou às 23h59 de segunda (12), a Operação Nossa Senhora de Aparecida 2020 no Paraná. Neste ano, durante os quatro dias de operação, que teve início na sexta (9), agentes da PRF flagraram 21 motoristas dirigindo bêbados. Nove dos abordados foram presos. Além disso, 284 pessoas estavam sem o cinto de segurança. Ainda, em 30 ocasiões, crianças não utilizavam adequadamente a cadeirinha.

OUTRAS IRREGULARIDADES

De acordo com informações da PRR, os policiais registraram 571 ultrapassagens irregulares, representando quase seis flagrantes por hora de operação. Os policiais rodoviários afirmam que esse tipo de ultrapassagem causa a maioria os acidentes do tipo batida frontal. Pois, o motorista não consegue efetuar em tempo a manobra de ultrapassagem. Ou ainda, força a ultrapassagem, correndo risco de bater frontalmente com o veículo que está no sentido contrário.

A PRF registrou 124 acidentes, com 143 pessoas feridas e sete mortes nas rodovias federais do Paraná, de sexta à segunda. Em 2019, não houve operação, portanto, não há comparativo. Os dados são preliminares e podem sofrer alterações.

Dessa maneira, os agentes rodoviários fiscalizaram 10.730 pessoas e 12.697 veículos. Com isso, a equipe registrou 3.193 inflações, nos cerca de quatro mil quilômetros de rodovias federais da circunscrição da PRF no Paraná. Além disso, os policiais rodoviários recolheram 224 veículos aos pátios por diversas irregularidades.

Por fim, a PRF apreendeu 304 quilos de maconha durante a operação.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

JOGO VIRTUAL

Jogo mostra realidade dos entregadores de app durante a pandemia

GRANDES APREENSÕES

PRF faz apreensões que causam R$ 5 milhões de prejuízo ao crime no PR

ÚLTIMOS DIAS

Vacinação contra o sarampo segue até 30 de outubro no Paraná

Comentários