Procuradora do Trabalho recomenda paralisar obras de PCH

Canteiro de obras em Coronel Domingos Soares se transformou em foco de contaminação do novo coronavírus. Nesta sexta mais 9 casos foram confirmados

Procuradora do Trabalho recomenda paralisar obras de PCH  (Foto: Site da Quebec Engenharia)

A Procuradoria do Trabalho de Pato Branco recomendou ao Consórcio Construtor Foz do Estrela que paralise as atividades no canteiro de obras em Coronel Domingos Soares. O período mínimo é de sete dias. O consórcio é responsável pelas obras da Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Foz do Estrela.

De acordo com a Procuradoria, o Município passou a ter casos confirmados de covid-19 em virtude de infecção por trabalhadores que prestam serviço no empreendimento. Conforme a Vigilância em Saúde do Trabalhador do município, foram detectados 15 trabalhadores do canteiro de obras infectados pelo novo coronavírus. Em todo o município já são 34 casos confirmados. Porém, nessa sexta (29), outros nove casos foram confirmados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

A PTM recomenda ainda que, durante a paralisação, sejam feitas a higienização do local. Além da triagem e avaliação clínica individual de todos os empregados. O objetivo é identificar trabalhadores que possam ter tido contato com o novo coronavírus. Em caso de resultados positivos, os trabalhadores devem ser afastados, conforme determinações de autoridades sanitárias.

FOCO DE DISSEMINAÇÃO

De acordo com a procuradora do Trabalho em Pato Branco, Luísa Carvalho Rodrigues, que assina a recomendação, o empreendimento pela estrutura fornecida no canteiro de obras, representa potencial foco de transmissão e disseminação do vírus. Essa condição provoca o consequente aumento do número de casos. “O número de empregados é grande, os alojamentos contam com uma média, atualmente, de três trabalhadores por unidade/quarto, e muitos deles se deslocam entre estados do país”.

Conforme a Procuradoria, na Recomendação, a procuradora do Trabalho destaca o fato de a estrutura do sistema de saúde do Município e da Região ser deficiente. O Hospital Santa Pelizzari, referência para tratamento de casos graves da Covid-19 na Região, fica no município de Palmas, a 32 quilômetros de Coronel Domingos Soares. “E não é suficiente para socorrer quantidade de casos graves da doença”.

AUDIÊNCIA JUDICIAL

Nesta sexta (29), foi feita em ambiente virtual, uma audiência com representantes da empresa e do MPT-PR. O Consórcio se comprometeu a atender a recomendação expedida e a apresentar, ainda nessa sexta (29), documentos comprobatórios das medidas implementadas.

Porém, o Ministério Público do Trabalho, por sua vez, disse que vai entrar em contato com a Secretaria de Saúde do Paraná para cientificá-los sobre a gravidade da situação e tentar melhorar a estrutura do sistema de saúde.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

MERCADO DE TRABALHO

Paraná é o estado que mais empregou pela Agência do Trabalhador

CONVERSA ON-LINE

MIS-PR promove conversa comemorando o dia do patrimônio audiovisual

BOA AÇÃO

Grupo 'Duelo do Bem' começa as reformas no hospital Santa Tereza

Comentários