Produção de malte e cevada impulsiona o mercado de cerveja em Guarapuava

Guarapuava abriga maior maltaria da AL

(Foto: Reprodução/Embrapa)

Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta semana mostram que 60% da cevada colhida no Brasil é proveniente do Paraná. A estimativa de produção da safra de 2018, por exemplo, apontava que o Brasil produziria 427.394 toneladas de cevada, destas, 251.968 provenientes do Paraná.

A participação de Guarapuava neste contexto é muito significativa, tendo em vista que do total produzido, 174.225 toneladas são originárias da cidade. Esse levantamento foi feito pelo Departamento de Economia Rural do Paraná (Deral). Os números revelam que Guarapuava é responsável por cerca de 40% de toda a cevada produzida nacionalmente.

Além da intensa produção de matéria-prima, Guarapuava também abriga a maior maltaria da América Latina, a Agrária Malte, que atende aproximadamente 30% da demanda nacional. Desde 2017, Guarapuava passou a ser denominada a Capital Paranaense da Cevada e do Malte, estimulando ainda mais os produtores de cevada a investirem nesta área.

(Foto: Divulgação)

A Secretaria Municipal de Turismo tem fortalecido o projeto Caminhos do Malte, que visa incentivar o empreendedorismo cervejeiro e o consumo da cevada e do malte na alimentação.

“Com o projeto, queremos estimular os produtores artesanais e comerciais a explorarem toda a potencialidade da produção em Guarapuava e mostrarem aos turistas a qualidade de nossos produtos, gerando um sentimento de ‘pertença’ e tendo orgulho do título Capital da Cevada e do Malte”, explica a coordenadora do projeto Caminhos do Malte, Leila Pires.

Ainda de acordo com a coordenadora, a consolidação da cidade como um polo cervejeiro do Estado será possível através do fortalecimento da cadeia comercial da cevada e do malte. “Desde os produtos, a indústria, o empreendedor de cervejas comerciais e artesanais, empresários ligados ao setor, precisam atuar com tecnologia e qualidade para fortalecer essa cadeia.”

(Foto: Reprodução/Pixabay)

Atualmente, Guarapuava conta com quatro cervejarias estabelecidas e seis cervejeiros ciganos (que alugam equipamentos e espaço de outras cervejarias) com registro no Mapa. Até dezembro, outras três cervejarias artesanais serão inauguradas na cidade. Além disso, no próximo mês, nos dias 12, 13 e 14 de julho, ocorrerá o 1º Festival de Cervejas Artesanais de Guarapuava.

Relacionadas

COLHEITA FARTA

Produtor de cevada comemora colheita, qualidade e preço

CHAMADA PÚBLICA

Aberta chamada pública para agricultura familiar no Paraná

DELÍCIAS DA UVA

Cultura da uva volta a ganhar destaque na Região e em todo Paraná

Comentários