Professores entram no oitavo dia de greve de fome em Curitiba

De acordo com a APP-Sindicato, grevistas tomam apenas água e já perderam entre seis e oito quilos cada manifestante

Professores entram no oitavo dia de greve de fome em Curitiba (Foto: APP/Sindicato)

Professores já somam oito dias em greve de fome em frente ao Palácio Iguaçu, em Curitiba. Porém, o movimento que começou com 47 pessoas hoje conta com 20. De acordo com a APP-Sindicato, muitos saíram por problemas de saúde. Entretanto, um médico presta assistência aos grevistas. Durante esse período, os grevistas tomam apenas água. Assim, a perda média de peso já oscila entre seis e oito quilos por pessoa.

Conforme a pauta da greve, professores estaduais ligados à APP-Sindicato não aceitam a oferta do Processo Seletivo Simplificado (PSS). Essa seleção é para contratação de professores temporários. De acordo com o número de inscrições, 47.008 profissionais se candidataram. Todavia, são menos quatro mil vagas. A prova objetiva será em 13 de dezembro  Os salários podem chegar a até R$ 3.720. Entretanto, se soma à pauta da greve a implantação de escolas cívico-militares no estado.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

 

 

Relacionadas

VERÃO MAIOR

Boletim do IAT mostra qualidade das águas para banho no litoral e interior

PRAZO

Calendário de vencimento do IPVA 2021 começa nesta segunda (18)

ESPERANÇA

Meta do Paraná é vacinar 4 milhões de pessoas do grupo de risco até maio

Comentários