Programa ‘Lixão Zero’ recebe 11 caminhões para coleta em Guarapuava

Os caminhões se destinam à coleta de lixo na cidade, sendo três destinados para coleta seletiva e oito para a coleta convencional

Programa ‘Lixão Zero’ recebe 11 caminhões para coleta em Guarapuava (Foto: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

Nesta quarta (16), o prefeito Cesar Silvestri Filho fez a entrega de 11 caminhões do programa ‘Lixão Zero’ em Guarapuava. Os caminhões se destinam à coleta de lixo no município, sendo três destinados para coleta seletiva e oito para a coleta convencional. De acordo com Cesar Filho, os recursos obtidos são para pagamento a fundo perdido.

“Esse investimento vai ajudar a melhorar as condições ambientais nas áreas urbanas de Guarapuava e a vida dos moradores, ampliando nossa autonomia na gestão dos resíduos e permitindo um trabalho mais eficiente na coleta de lixo pelos próximos anos, com destaque especial para a coleta seletiva”.

(Foto: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

RESÍDUOS SÓLIDOS

Além disso, o futuro prefeito Celso Góes também participou da entrega e comentou sobre as próximas ações destinadas ao meio ambiente a partir de 2021. “Esse novo projeto é um avanço para o município. O novo programa de resíduos sólidos vai funcionar a partir do ano que vem e, além de modernizar, vai gerar uma economia de mais ou menos R$ 400 mil mensais aos cofres municipais”.

Ademais, Guarapuava está entre uma das selecionadas entre mais de mil inscritos pela qualidade dos projetos ambientais no Brasil. No total, serão destinados R$ 4,9 milhões, para projetos de modernização da coleta e destinação correta de resíduos sólidos. Desse modo, o município é uma das 57 contempladas com a verba federal.

Conforme o secretário municipal de Meio Ambiente, Celso Araújo, a escolha do programa de resíduos sólidos do município se deve à ótima qualidade técnica e abrangência. Isso porque ela está ampliando e modernizando os serviços de coleta seletiva da cidade. “Além de equipamentos como caminhões e contêineres, o programa ‘Lixão Zero’ vai atuar também na capacitação dos servidores, para que ofereçam uma educação ambiental para os guarapuavanos”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

PANDEMIA DA COVID-19

80ª morte por covid-19 é confirmada em Guarapuava

PANDEMIA

Saúde divulga Nota Orientativa sobre prevenção de variantes do coronavírus

MAIS CHUVA

Última semana de janeiro será de tempo instável em Guarapuava

Comentários