Projeto de Cristina Silvestri, Botão do Pânico chega a mais um município do Paraná

Implantação ocorrerá em Apucarana. Em Guarapuava, instalação está em fase de alinhamento

Projeto da deputada Cristina foi implantado em 2017 (Foto: Ascom)

Em ação promovida pela governadora Cida Borghetti, o programa “Botão do Pânico”, de autoria da deputada estadual Cristina Silvestri, está chegando a mais um município do Paraná. Apucarana, no Vale do Ivaí, foi contemplado nesta semana com R$ 162,5 mil para implantação do projeto.

“Nós queremos estender e expandir cada vez mais esse trabalho, pois a violência contra a mulher vem crescendo muito e temos o compromisso de proporcionar políticas públicas e recursos necessários para atender essa demanda bastante importante”, disse a governadora em solenidade na última terça feira (6).

Através do projeto de Cristina Silvestri, o Governo do Estado vem implementando medidas de proteção às mulheres. Com o Botão do Pânico, um dispositivo eletrônico parecido com um controle remoto de carro, mulheres sob ameaça e sob medidas protetivas da Justiça podem chamar uma patrulha policial para atendimento rápido.

Entre os municípios atendidos, estão Curitiba, Irati, Foz do Iguaçu e Maringá. A implantação do Botão em Guarapuava ainda está em fase de alinhamento.

INVESTIMENTO

Ao todo, o Governo do Estado está investindo R$ 2,6 milhões no projeto. O Estado financia a implantação do dispositivo, repassando recursos aos gestores municipais em parcela única, e cada um deles iniciará o procedimento legal para a execução do projeto.

Cabe aos municípios formalizar contrato com a empresa especializada, utilizando os valores cofinanciados pelo Estado para a locação dos equipamentos e custeio das licenças. As prefeituras também entram com um investimento mínimo de 1% de contrapartida.

Relacionadas

PANDEMIA

Outros 25 casos de covid-19 entram para a estatística em Guarapuava

AFOGAMENTO

Bombeiro suspende buscas no Parque do Lago em Guarapuava

Em nota, Câmara desmente PL para 'fechar' o voto na eleição da Mesa

Comentários