Projetos para o ‘Compra Direta’ podem ser apresentados até amanhã (4)

Cooperativas e associações de agricultura familiar podem apresentar projetos até esta segunda (4). O Governo do PR destina R$ 20 milhões para o programa

Projetos para o programa ‘Compra Direta Paraná’ podem ser apresentados até amanhã (4) (Foto: AEN)

O Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional (Desan), da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, prorrogou até às 12 horas desta segunda (4), o prazo para elaboração dos projetos de venda do Programa Emergencial ‘Compra Direta Paraná’.

De acordo com o o Edital de Chamada Pública n.º 004/2020-Seab, o prazo inicial terminaria na segunda (27), mas foi prorrogado. O motivo da prorrogação é a instabilidade no sistema decorrente do grande número de acessos das organizações da agricultura familiar interessadas em participar do processo.

Assim, o Desan comunica também que o prazo para o fornecimento será de três meses, a partir da contratação, com objetivo de beneficiar as entidades beneficiárias com quantidades mais significativas. Entretanto, os projetos de venda já finalizados não precisam ser refeitos. O ajuste será efetuado automaticamente pelo sistema Compra Direta Paraná.

PROGRAMA

O Governo do Estado destina R$ 20 milhões para este programa. Os recursos fazem parte do Fundo Estadual de Combate à Pobreza. Está prevista a compra de mais de 70 itens produzidos pela agricultura familiar no Paraná.

Por fim, os alimentos serão destinados à rede socioassistencial, restaurantes populares e cozinhas comunitárias. Além de bancos de alimentos, hospitais filantrópicos e Centros de Referência em Assistência Social.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

NEM É VERÃO

Temperaturas superiores a 30ºC devem ser registradas em Guarapuava

DIA DE PASTEL

Nesta quinta (1), tem pastel na Catedral em Guarapuava

MAIS CASOS

Guarapuava registra sete novos casos de covid-19

Comentários