PSL se tornou o partido mais cobiçado, também em Guarapuava

Francischini disse que reuniões serão agendadas para definir o comando do partido

Presidente Jair Bolsonaro (Foto: Divulgação)

O boom do PSL no país coma a eleição do presidente Jair Bolsonaro transformou o partido na mais cobiçada agremiação política no cenário político nacional. A disputa se acirra também em Guarapuava, onde a sigla não possui Comissão Executiva, segundo deputado estadual Fernando Francischini, que preside o partido no Paraná.

Até antes das últimas eleições, em 2018, o PSL, que se enquadrava nos chamados “nanicos”, era coordenado em Guarapuava pelo músico Adir Zanovelo. O Portal RSN tentou contato com Adir, mas não foi possível conversar com ele. Correndo por fora, várias lideranças tentam abocanhar o partido, de olho nas eleições do ano que vem.

O vereador Rodrigo Crema, hoje no PSB, é um deles, mas até pouco tempo condicionava a sua ida desde que fosse agraciado com uma candidatura majoritária. Hoje, o vereador, em conversa com o Portal RSN, já declina dessa ideia, e pensa em investir a sua energia na medicina, encerrando a sua trajetória também como vereador.

Entretanto, acena com a possibilidade de ser candidato a vice-prefeito numa composição que tenha como base o deputado estadual Artagão Júnior (PSB). Aliás, o parlamentar, segundo informações de bastidores, também estaria articulando atrair o PSL para ser liderado por alguém do seu grupo político na cidade. Ele não confirma essa hipótese. Há informações também de que o grupo do ex-prefeito Fernando Ribas Carli está no mesmo páreo, que teria ainda o atual prefeito Cesar Silvestri Filho.

Mas se acha credenciado a comandar o PSL em Guarapuava é o “Movimento Bolsonaro Guarapuava”, o MBG. O Portal RSN também tentou contato com lideranças do movimento, porém, não foi possível a conversa já que ninguém atendeu as ligações. De acordo com a assessoria de imprensa do deputado Francischini, ainda não há nenhuma definição por parte do Diretório Estadual e reuniões serão agendadas para definir o comando do partido em Guarapuava.

“Isso será debatido no momento oportuno”, afirmou o deputado por meio da sua assessoria.

 

Relacionadas

EXPLORAÇÃO SEXUAL

Travesti denuncia exploração de cafetina contra 'trans' que vêm de fora

COVID-19 EM GUARAPUAVA

Hospital São Vicente deixa de ter ala exclusiva para covid

REQUERIMENTO

Súmula de requerimento de Licença Prévia de Ampliação

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com