Receita Federal retém 315 volumes de remessas postais irregulares em Ponta Grossa 

Os volumes continham diversos tipos de mercadorias e teriam como destino várias regiões do Brasil

Material apreendido (Foto: Divulgação)

A Receita Federal fez nos últimos dias operações de repressão ao contrabando e descaminho nas unidades de recepção e nos centros de distribuição de remessas postais de Ponta Grossa. Ao todo foram retidos 315 volumes compreendendo equipamentos e jogos de games, aparelhos e acessórios de celulares, equipamentos de informática, bebidas, entre outros.
O valor estimado das mercadorias é de R$ 250 mil.

As apreensões foram motivadas pela não comprovação da importação regular pelos remetentes das mercadorias, seja por falta de nota fiscal ou outro documento comprobatório da sua regularidade. Em uma unidade de recepção de postagens foram retidos 97 pacotes, equivalente a cerca de 70% do movimento do dia, sendo que nenhum volume teve a sua regularidade comprovada pelos remetentes.

Os objetos ficarão à disposição dos interessados na sede da Delegacia da Receita Federal em Ponta Grossa para eventual comprovação da sua legalidade. Caso os remetentes não comprovem a importação regular em até 30 dias, a Receita Federal aplicará a pena de perda dos objetos e encaminhará representação ao Ministério Público Federal visando à condenação dos infratores, cuja pena pode chegar a quatro anos de reclusão.

O Delegado da Receita Federal em Ponta Grossa, Auditor-Fiscal Demetrius Soares, informa que as operações nas unidades de recepção e nos centros de distribuição de remessas postais ocorrerão de forma permanente na cidade, em virtude da identificação de um elevado número de mercadorias remetidas irregularmente ou sem os devidos documentos comprobatórios da sua regularidade.

Relacionadas

PROGRAME-SE

'Trenzinho da Luz' oferece passeio gratuito pela 'Cidade dos Lagos'

MORADIA

Famílias recebem casa própria em Santa Maria do Oeste

CANDÓI

Manifestação pede que lei contra maus tratos de animais seja cumprida

Comentários