PM fecha ‘Boca de fumo’ comandada por presos em Pitanga

Em Pitanga, cinco pessoas foram presas e três adolescentes apreendidos. Já em Guarapuava, três pessoas foram presas com drogas

PM fecha ‘Boca de fumo’ comandada por presos em Pitanga (Foto: Ascom/Polícia Militar)

A Polícia Militar fechou no começo da noite dessa quinta (28), uma ‘boca de fumo’ – ponto de venda de drogas -, que era comandada por presos da Cadeia Pública de Pitanga. Cinco traficantes foram presos e três adolescentes apreendidos.

De acordo com relato policial, por volta das 18h45, os policiais militares receberam denúncias de que havia comércio de maconha, crack e cocaína, nos endereços rua Prefeito José Grande (fim da rua), no bairro Maria do Carmo e também na rua Protógenes Guimarães, no bairro Santa Rosa.

Após vários dias de diligências, a PM confirmou a presença de usuários, e constatou o envolvimento de algumas pessoas no tráfico de drogas. Um homem de 22 anos exercia a função de gerente. Um outro de 26 anos, usava tornozeleira eletrônica e tinha a função de esconder e embalar a droga.

Havia ainda outro gerente de 20 anos, um homem de 36 anos e um jovem de 18 anos que ajudavam na venda dos entorpecentes, além de dois adolescentes de 17 anos e um de 15 anos, responsáveis pela venda na Vila Santa Rosa. De acordo com a PM, eles são autores de furto, em especial de motos, a mando dos jovens de 20 anos e 22 anos.

DILIGÊNCIAS

Durante as observações na “Boca de Fumo”, os policiais constataram a presença de um consumidor frequente de crack, cocaína e maconha. A equipe da Rotam obteve informações que os adolescentes foram os autores de um furto de moto, e que a motocicleta estaria escondida nos fundos da “Boca de Fumo” da rua Prefeito José Grande, com os jovens mandantes do furto.

Conforme a polícia, a moto seria trocada por drogas. Durante diligências na rua Protógenes Guimarães, no bairro Santa Rosa, os policiais viram a chegada de um VW Gol por volta das 17h. O passageiro desceu, entrou na casa e após 10 minutos saiu. O carro foi abordado pela PM na rua Barão do Cerro Azul.

Foram identificados o motorista de 20 anos e o passageiro de 36 anos, com o qual os policiais localizaram 2,7 gramas de maconha. Em seguida, na residência da rua Protógenes Guimarães, foram encontrados os adolescentes e dentro da casa, quatro pedras de crack, pensado 1,3 grama. Aos policiais, os adolescentes afirmaram que já tinham vendido parte da droga e confessaram o furto da moto.

MOTO LOCALIZADA

Além disso, um dos adolescentes disse que a moto estaria escondida no mato, no fim da rua Prefeito José Grande. Quando os policiais estavam próximos do endereço informado pelo adolescente, a PM avistou o rapaz de 22 anos na janela do carro de um usuário de drogas de 46 anos. De acordo com a polícia, o carro estava parado em frente ao ponto de venda. Os dois foram abordados e nada de ilícito foi encontrado.

Porém, em um mato nos fundos da casa, foi localizado um homem de 26 anos embalando maconha. Havia 18 porções preparadas e uma porção maior numa sacola, que totalizou 1,957 quilo. A moto furtada também estava no local.

Os cinco maiores de idade foram presos e os três adolescentes apreendidos pelos crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico, organização criminosa, receptação e furto. O usuário em crack foi encaminhado para prestar declarações.

(Foto: Ascom/Polícia Militar)

GUARAPUAVA

Em Guarapuava, a PM fazia patrulhamento nessa quinta (28) pelo bairro Santana, quando avistou saindo da travessa Alcebíades Rodrigues, na Vila São Miguel, dois homens a pé. Ao perceberem a presença da PM, eles fugiram, jogando objetos em via pública.

De acordo com a polícia, o jovem de 23 anos seguiu sentido projeto social, aonde foi abordado. O outro de 19 anos foi abordado na rua mesmo. Os objetos dispensados eram cinco invólucros pequenos e um médio de maconha, prontos para o comércio, além de seis invólucros de maconha – sendo cinco pequenas porções e uma de tamanho médio, também prontas para a venda.

Conforme relato policial, na casa do rapaz de 19 anos nada de ilícito foi encontrado. Na casa do outro abordado de 23 anos, na rua Luis Gonzaga Junior, a cunhada do abordado e responsável pela residência, relatou que a mãe dele saiu da casa ao saber que o filho tinha sido preso. Nada de ilícito foi localizado no local.

Durante as buscas, foi repassada a informação por meio de denúncia anônima via 197, que haveria mais droga de propriedade do homem, e que a droga estaria escondida na casa do projeto municipal, que conforme a polícia se encontra abandonada, e onde o homem foi abordado.

Com o apoio da equipe do canil, foi encontrado um invólucro médio, contendo uma porção de maconha “in natura” – em processo de secagem. Por fim, os dois foram presos e encaminhados com as drogas para a 14ª SDP, para as providências cabíveis.

Na delegacia, a droga apreendida foi pesada e totalizou 128 gramas. No disque denúncias 181, havia três denúncias sobre o preso de 23 anos e a mãe dele, no endereço abordado.

BOQUEIRÃO

E por fim, na noite dessa quinta, por volta das 21h50, a Polícia Militar recebeu uma denúncia pelo 190, de que na rua Expedicionário Guilherme Lange, o motorista de uma caminhonete MMC L200, estaria portando uma arma de Fogo.

No local, o motorista desceu rapidamente do veículo estacionado e tentou entrar na casa, mas foi abordado. O homem de 39 anos dispensou um objeto ao lado da casa. Em busca pessoal e no interior do veículo, nada de ilícito foi encontrado.

Entretanto, na casa os policiais constataram que se tratava de suma bucha de cocaína, que pesou 8,8 gramas. O motorista disse que comprou a droga de um conhecido na Estação Rodoviária. E disse ainda que iria consumir com outras pessoas que estavam na casa.

Ele foi preso e levado para a 14ª SDP com a droga apreendida. Os policiais perguntaram ainda se ele tinha arma de fogo, conforme a denúncia. O homem disse que é associado a um Clube de Tiro e que comprou uma arma. Porém, de acordo com o preso, está aguardando os tramites legais para a devida posse.

Conforme o homem preso, a denúncia pode ter sido feita porque ele disse ter feito comentários que tinha comprado uma arma. Foi confeccionado termo circunstanciado na delegacia de Polícia de Guarapuava.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

MAIS CONFIRMAÇÕES

Saúde confirma 14 novos casos de covid-19 em Guarapuava

AJUDE O PROJETO

Projeto Anjos Inocentes precisa de doações para construção da nova sede

CUIDADO E APOIO

Traumas na infância e adolescência podem se agravar na fase adulta

Comentários