Rotam prende mãe e filha por tráfico de drogas em Guarapuava

Os policiais da Rotam prenderam também um usuário de drogas que estava comprando crack. Com ele, a PM encontrou 5,3 gramas de maconha

Rotam prende mãe e filha por tráfico de drogas em Guarapuava (Foto: Ascom/Polícia Militar)

Policiais da Rotam prenderam na véspera deste natal, mãe e filha por tráfico de drogas no bairro Morro Alto em Guarapuava. Por volta das 18h05 dessa terça(24), os policiais foram até um bar no bairro, que de acordo com denúncias, era ponto de tráfico de crack.

Assim, em determinado momento, a equipe avistou uma pessoa entrando no local pela porta da frente do estabelecimento comercial. O homem segurava um saco com latas amassadas. Durante abordagem ao bar, os policiais viram a dona do estabelecimento entregando um objeto ao catador de latinhas. Posteriormente, o objeto foi identificado como uma pedra de crack.

Ao receberem voz de abordagem, a mulher tentou dispensar a droga, mas foi impedida. Após buscas pela casa, os policiais encontraram 26 pedras de crack sobre a mesa da sala. Assim, somadas à primeira pedra que seria entregue ao usuário, totalizaram 4,2 gramas.

De acordo com a PM, ainda foram encontrados R$457 em notas trocadas. Também foram encontrados um cheque no valor de R$250 em nome de um terceiro, um caderno cm anotações do tráfico e três celulares.

MOTONETA FURTADA

Dentro do bar, policiais da Rotam encontraram uma motoneta Sundown/Web 100 Preta e sem placa. Após consulta no sistema, pelo número do chassi, foi verificado que se tratava de uma motoneta com alerta de furto no dia 27/11.

Enquanto a equipe ainda estava no estabelecimento, chegou ao local a filha da proprietária do bar. Com ela nada de ilícito foi encontrado. Ela afirmou aos policiais que era moradora do local e que tinha conhecimento da atividade ilícita.

(Foto: Ascom/Polícia Militar)

De acordo com as denúncias recebidas pela PM, a filha seria a responsável pela venda das drogas. Após indagar a dona do bar sobre as denúncias em desfavor dela e de sua filha, a mulher admitiu comercializar drogas no local.

Além disso, afirmou que já tinha vendido outras pedras de crack nesse dia para outros usuários. Já sobre a motoneta, apenas afirmou que uma pessoa teria deixado no local. O comprador da droga declarou à equipe que estava ali para comprar crack e que usaria as latas de alumínio como forma de pagamento. Com ele, foi encontrado um envólucro com 5,3 gramas de maconha.

Os três foram presos e encaminhados com as drogas e objetos apreendidos para a 14ª SDP. O usuário estava agitado e precisou ser algemado. Na delegacia, com o apoio da Polícia Civil, foram localizadas duas denúncias de tráfico de drogas contra as abordadas.

Como a dona do bar estava com um bebê de aproximadamente cinco meses sob seus cuidados, foi acionado o conselho tutelar. Mas durante a lavratura do boletim de ocorrência, a mãe da criança compareceu a delegacia. Por fim, após orientação do conselho, a criança foi entregue à mãe.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

NO TOPO

Região de Guarapuava está com tudo para liderar 'ranking' da batata no Paraná

LUTO

Início de velório de "Melancia" está previsto para às 18h

ENSINO SUPERIOR

Calouros devem fazer as matrículas na Unicentro entre hoje (27) e amanhã (28)

Comentários