Saúde explica caminho percorrido pelos exames de coronavírus

Lacen é o único credenciado para fazer os exames no PR. Exames entram em fila para serem confirmados ou descartados. Resultado sai após sete dias, em média

Saúde explica caminho percorrido pelos exames de coronavírus feitos em Guarapuava (Arte: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

O novo Coronavírus é uma realidade no mundo todo e um grande número de novos casos são registrados todos os dias. Em Guarapuava, a primeira suspeita foi anunciada em 11 de março pela Sesa (Secretaria de Saúde do Paraná).

Assim, desde então, os guarapuavanos estão atentos aos números. Mas o resultado dos exames, por vezes, demora mais que o esperado. Isso porque o processo possui diversas etapas e, uma delas não ocorre em Guarapuava.

Os pacientes que apresentam sintomas têm material coletado e esse material é enviado ao Lacen (Laboratório Central do Paraná), que é o único credenciado para fazer os exames no Paraná. Quando chegam lá, aguardam em uma fila para serem analisados e confirmados ou descartados. O resultado sai após sete dias, em média.

Paranna(Foto: Agência Brasil)

Mas é fundamental que a população esteja ciente de que qualquer caso com sintomas de Covid-19 é tratado como suspeito desde o princípio. Dessa forma, pacientes que tem material coletado e são considerados suspeitos, ficam em isolamento mesmo antes do resultado de confirmação ou não ser emitido pelo Lacen, conforme a chefe do Departamento de Epidemiologia, Chayane Andrade.

“Os exames são para fins estatísticos e epidemiológicos, mas a conduta não muda, independente do resultado. O indicativo continua sendo o isolamento domiciliar de 14 dias”.

A recomendação é que a população continue adotando as medidas de prevenção ao vírus, independente dos números. Assim que os exames ficam prontos, a pessoa com a suspeita é comunicada para receber o resultado e as devidas orientações.

Além disso, a prefeitura de Guarapuava divulga, diariamente, o boletim com os números atualizados para manter a população informada. Até o momento, o município não tem casos confirmados.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

QUASE PRONTO

Hospital Regional poderá ter ala para atender pacientes com coronavírus

PROTEÇÃO CONTRA GRIPE

Vacinação contra a gripe já ultrapassa 14 mil doses aplicadas

DETERMINAÇÕES

Estado estabelece normas para proteção de trabalhadores

Comentários