Segundo encontro do ‘Leia Mulheres’ é neste sábado (23), em Guarapuava

Leitores se reúnem na Livraria Gato Preto, às 17h. Quem não leu o livro também pode participar gratuitamente para conhecer o clube de leitura

O clube ‘Leia Mulheres’ chega ao segundo encontro de debate literário, em Guarapuava. Neste sábado (23), às 17h, os interessados em conhecer obras escritas por mulheres terão a oportunidade de conversar sobre as impressões que tiveram a partir da leitura de “As coisas que perdemos no fogo”, da escritora argentina Mariana Enriquez.

“Esperamos contar com a participação dos leitores e leitoras para discutirmos a obra e repetirmos o sucesso do primeiro encontro, que contou com cerca de 30 pessoas e foi muito produtivo porque os participantes expuseram ideias acerca do romance ‘O papel de parede amarelo’, de Charlotte Perkins Gilman, mas também dividiram experiências e vivências”, disse a professora Nincia Teixeira, uma das moderadoras do clube Leia Mulheres em Guarapuava, ao lado da professora Enilda Pacheco.

O encontro será na Livraria Gato Preto e a participação é gratuita e aberta a toda a comunidade, incluindo também a participação masculina. Quem não leu o livro mas tem interesse em acompanhar a atividade também pode comparecer.

(Foto: Nádia Moccelin/RSN)

O projeto busca estimular a leitura de livros de autoria feminina, dos mais clássicos aos menos conhecidos. O desafio do ‘Leia Mulheres’ é propor a leitura de um livro por mês e debater sobre ele em um encontro organizado sempre aos sábados. A próxima obra do cronograma será “A mulher de pés descalços”, da africana Scholastique Mukasonga. O encontro será no mês de abril, ainda sem data definida.

Nove cidades do Parará estão com o clube em andamento, promovendo a valorização das mulheres no mercado editorial. O desafio do clube é a leitura de um livro por mês. O ‘Leia Mulheres – Guarapuava’ possui um grupo aberto no Facebook, onde são divulgadas as informações sobre os encontros e as obras.

Relacionadas

ALERTA

Postagem 'fake' anuncia distribuição de cestas básicas em Guarapuava

REQUERIMENTO

Súmula de autorização florestal ao Instituto Água e Terra

HOMENAGEM

Bombeiros participam do cortejo do menino Emanuel em Guarapuava

Comentários