Segundo pesquisa, o PT poderá governar Guarapuava

Entretanto, o processo eleitoral ainda não acabou e a polarização dos votos varia entre Dr. Antenor e Celso Góes

PT pode governar Guarapuava (Foto: Reprodução)

Se confirmados os números divulgados pela última pesquisa eleitoral, Guarapuava irá, literalmente, na contramão da história. Cidade de princípios conservadores, anti-esquerda, segundo as eleições anteriores, o município pode mudar de rumo. Ou como se diz por aí: sair do trilho.

Assim, o município que teve um movimento forte pro-Bolsonaro, que fez e aconteceu pra impedir a simples passagem de Lula pela cidade, agora poderá viver sob a égide do PT. Entretanto, há controvérsias. Afinal, a campanha segue em frente e cada dia representa um punhado de votos que se perde ou se ganha.

Porém, o fato é que numa análise levando em consideração a margem de erro, para mais ou para menos, a eleição está polarizada entre o Dr. Antenor e o bioquímico Celso Góes. E como costuma se dizer: a política é dinâmica. Portanto, nada está definido. E até as eleições novos números, agora atualizados, irão surgir.

Digo isso, porque a pesquisa em questão retrata uma situação já ultrapassada de mais de 10 dias atrás. E novos números irão surgir. podendo ou não confirmar essa tendência.

Enfim! Caberá ao eleitor saber quais rumos ele quer para a cidade, para a própria vida. Se Guarapuava continua alinhada com outras esferas políticas, ou se rompe o ciclo atual. Ou ainda: se continua com projetos aprovados e andamento nas mais diversas áreas da administração pública.

Ou então se prefere o fortalecimento de movimentos sociais, entre os quais se destaca o MST, o Movimento dos Sem-Teto, o Levante da Juventude, entre outros que priorizam a população de baixo poder aquisitivo. Todavia, ainda está em tempo de decidir, de somar forças, de escolher o melhor conforme o senso de cada um.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

Ainda sobre o egoísmo!

Setor de eventos divulga 'nota de esclarecimento'

O pior mal é o nosso egoísmo!

Comentários