Servidores Públicos fazem manifesto no Centro de Guarapuava

Centenas de servidores estão desde o início da manhã na Praça 9 de Dezembro

*Reportagem com vídeo

(Foto: Larissa Ortiz/RSN)

Centenas de funcionários públicos estão reunidos na Praça 9 de Dezembro no Centro de Guarapuava, desde o início da manhã desta sexta (14). Eles participam de uma greve geral convocada por sindicatos e movimentos sociais de várias categorias.

Apesar da manifestação ser pacífica, a Polícia Militar está no local e acompanha as atividades dos servidores. Eles paralisaram as atividades em resposta a postura do governo estadual que ainda não anunciou o pagamento da reposição salarial do funcionalismo. Servidores municipais também reivindicam reposição da inflação.

(Foto: Larissa Ortiz/RSN)

Faixas exigindo reposição salarial e com frases contra o modelo de reforma da previdência sugerido pelo presidente Jair Bolsonaro estampam a praça. A orientação do Sindicato dos Docentes e Agentes Universitários do Ensino Superior Estadual de Guarapuava e Irati (Sintesu) foi de que “docentes e agentes universitários não devem trabalhar e registrar ponto e, na medida do possível, participar dos atos em suas cidades”.

(Foto: Larissa Ortiz/RSN)

A programação não tem horário previsto para terminar. Às 11h30 os trabalhadores devem sair em passeata pelo Centro de Guarapuava. A reportagem o Portal RSN entrou em contato com a Secretaria de Comunicação da Prefeitura, que informou que os servidores do Paço Municipal não aderiram a paralisação, as unidades de saúde estão atendendo normalmente, das escolas municipais apenas duas estão funcionando parcialmente e seis CMEI’s estão fechadas. Além disso, apenas 10% dos servidores da Surg aderiram a greve geral. O transporte público não foi afetado e todas as linhas estão confirmadas, conforme a assessoria de imprensa da empresa Pérola do Oeste.

O representante do Sindicato das Classes Policiais Civis do Estado do Paraná (Sinclapol) em Guarapuava, Tiago Furlanetto, informou que “o foco do movimento de conscientização pela falta de reposição inflacionária será em Curitiba”. Por isso, os serviços da classe em Guarapuava não serão paralisados. As agências bancárias também atendem normalmente.

*Reportagem atualizada às 11h46 do dia 14/06 para inclusão de informação.

Relacionadas

VOLTA ÀS AULAS

Matrícula para rede pública estadual começa hoje (24) no Paraná

EDITAL FECHA HOJE

Educação confirma que prova para seleção de PSS vai ocorrer

ELEIÇÕES

Diretores de 1,7 mil escolas serão eleitos no dia 9 de dezembro no Paraná

Comentários