Simepar espera 150 milímetros de chuva nesta semana em Guarapuava

No fim de semana, o acumulado entre sábado (15) e domingo (16) chegou a 107 milímetros, sendo que o esperado para o mês era de 97 milímetros

Chuva deve ser mais intensa entre quarta (19) e quinta (20) (Foto: Larissa Ortiz/RSN)

Depois de um fim de semana com chuva forte em Guarapuava, a expectativa é de que sejam registrados 150,2 milímetros de chuva na cidade nesta semana. A previsão é de que o maior volume se concentre entre quarta (19) e quinta (20), quando devem ser registrados 128 milímetros de precipitação. No fim de semana, o acumulado entre sábado (15) e domingo (16) chegou a 107 milímetros, sendo que o esperado para o mês era de 97 milímetros.

De acordo com os meteorologistas do Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), nesta terça (18), a chuva deve ter início já pela manhã. Além disso, as rajadas de vento estarão bem intensas e podem ultrapassar os 60 Km/h. Os termômetros variam entre 14º C e 18ºC. Na quarta (19), a área de instabilidade fica ainda maior.

Assim, são esperados 73,3 milímetros de chuva durante o dia. Os ventos perdem um pouco de intensidade, mas ainda seguem com rajadas de até 50 Km/h. As temperaturas caem um pouco e a mínima prevista para o dia é de 10º C. A máxima não ultrapassa os 16º C. Na quinta (20), deve ocorrer uma queda grande na temperatura.

Os registros de chuva poderão ocorrer a qualquer hora do dia. E o volume esperado é de 55,1 milímetros e os termômetros variam entre 4º C e 12º C. Na sexta (21) a mudança mais significativa são as temperaturas. Isso porque a mínima esperada para o dia é de apenas 1º C. Porém, não deve chover.

TEMPORAIS NO FIM DE SEMANA

Depois de mais de um mês com chuvas escassas, que agravaram uma das piores estiagens da história do Paraná, finalmente voltou a chover em todas as Regiões do Estado. Em algumas cidades, porém, os temporais foram mais intensos, com vento e chuva de granizo que danificaram residências e afetaram 4.804 pessoas, como mostra o Boletim de Ocorrências da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil, publicado às 12h desta segunda (17). Em Guarapuava, casas ficaram destelhadas.

Dez municípios foram atingidos pelos temporais. Foram danificadas 924 residências e uma destruída. Até agora, 212 das 452 pessoas que ficaram desalojadas permanecem nesta situação. As tempestades foram mais intensas nas cidades de Araruna, Cruzeiro do Sul, Cruzeiro do Oeste, Guarapuava, Matelândia, Nova Prata do Iguaçu, Rio Branco do Sul, Santa Tereza do Oeste, Tupãssi e União da Vitória.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

VOLTA AO TRABALHO

Após reuniões sindicais, greve dos Correios acaba oficialmente

VAGAS ABERTAS

UniGuairacá disponibiliza procedimentos estéticos para a comunidade

ON-LINE

CRAM de Guarapuava atua com atendimento remoto nesta semana

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com