Teatro, música e prêmios marcam o Dia da Árvore em Guarapuava

Cinco escolas tiveram redações premiadas

Alunos e pais (Foto: Secom)

“Como eu vejo o meio ambiente”? Cada resposta foi dada em forma de redação por 41 alunos de 21 escolas municipais de Guarapuava. Para divulgar os vencedores do projeto Aquarela da Vida, instituído pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e Cultura, não faltou a música da Orquestra de Câmara de Guarapuava e o talento da Felchak Produções que levou ao palco a representação da natureza com muitos animais. A habilidade de alunos do Colégio Visconde de Guarapuava com a apresentação de Rope Skipping, um nível avançado de pular cordas foi uma amostra de resistência muscular, ritmo e coordenação motora.

No evento  foram premiadas as cinco melhores redações. Os prêmios foram para as escolas Iná Ribas Carli, E. M. Carolina G. Franco, E. M. Campo General Eurico Dutra, E. M. Professora Carmem Teixeira Cordeiro e E. M. Professora Dirce Terezinha. O prefeito Cesar Silvestri Filho destacou a importância do projeto e parabenizou os participantes.

“A educação é a forma mais eficiente e efetiva de conscientização. Eu sempre digo que a educação é um processo permanente e contínuo. É a educação que nos leva a abrir a percepção sobre as coisas, por isso parabéns a todos que se dedicaram a esse projeto” , enfatizou.

Orquestra de Câmara de Guarapuava (Foto: Secom)

Lara Kelly Iachinski, 9 anos, da Escola Professora Dirce Terezinha Jaeger, foi uma das vencedoras e contou que essa foi a primeira vez que participou de um concurso de redação. “Estou muito feliz, pois não esperava ganhar. Minha mãe me ajudou”, contou a aluna. A mãe, Jaqueline Gumieiro, estava no evento prestigiando a filha. “Muito legal a iniciativa. É importante porque a criança tem que começar desde pequena a saber o que é o meio ambiente. Eu conversei muito com minha filha sobre como ela esperava que fosse o mundo quando fosse adulta. Conversamos e as ideias foram surgindo e ela colocou no papel” , completou a mãe.

As cinco redações vencedoras garantiram uma smart TV para a escola, um HD externo para o professor orientador e um tablet para o aluno que escreveu a redação. Também estavam presentes no evento a secretária de Educação e Cultura, Doraci Senger Luy, a diretora do Departamento de Cultura, Rosevera Bernardim, a coordenadora do projeto e bióloga da Secretaria de Meio Ambiente, Maristela Ferreira, professores, pais e alunos.

Relacionadas

TRÂNSITO

Rua XV de Novembro é revitalizada com nova sinalização em Guarapuava

PERIGO IMINENTE

Morte de Lucas em acidente na PR-170 reforça urgência na obra de trevo

PANDEMIA DA COVID-19

Surg orienta sobre descarte de lixo contaminado por covid-19

Comentários