Técnico em Segurança do Trabalho tem carreira promissora

Senac Guarapuava está com matrículas abertas

(Foto: Ascom/Senac)

A segurança do trabalho não se trata apenas do cuidado do trabalhador. É uma profissão que estuda a ocorrência de acidentes e as formas de preveni-los. De acordo com a Norma Regulamentadora /MTE nº 4 (NR 4), empresas privadas e públicas que possuam empregados regidos pela Consolidação das Leis de Trabalho (CLT), precisam manter em seu quadro funcional uma equipe multidisciplinar para atuar nos Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT). São esses profissionais que irão promover a saúde e proteger a integridade do trabalhador no local de trabalho.

O Técnico em Segurança do Trabalho é um dos profissionais que compõe a SESMT. Ele é o responsável por investigar, analisar e recomendar medidas de prevenção e controle de acidentes; ainda executa programas de prevenção de riscos ambientais; desenvolve ações educativas na área de saúde e segurança do trabalho e orienta o uso de equipamentos de proteção de uso individual ou coletivo.

A análise de riscos é um procedimento realizado pelo Técnico em Segurança do Trabalho. Quando feito de forma correta pelo profissional, o procedimento consegue minimizar possíveis problemas presentes no dia a dia dos colaboradores de qualquer instituição.

MERCADO DE TRABALHO

De acordo com a Federação Nacional dos Técnicos em Segurança do Trabalho, existem quase 350 mil profissionais cadastrados no Brasil. As maiores oportunidades de atuação do técnico estão nos setores da construção civil, na agroindústria e nas indústrias. Outra possibilidade de trabalho é de forma autônoma, prestando serviços ou consultorias na área.

De acordo com o site de busca de empregos, Catho, a faixa salarial inicial é de R$ 2.611, mas pode chegar aos R$ 8.500 em cargos de coordenação. A procura por profissionais dessa área só cresce no país, isso devido ao endurecimento da legislação brasileira de segurança do trabalho. As suas 36 normas regulamentadoras (NR’s) determinam exatamente como as atividades da área devem ser colocadas em prática em cada tipo de empresa.

FORMAÇÃO

Para se tornar um profissional dessa área tão promissora é preciso fazer o curso Técnico em Segurança do Trabalho. O Senac Guarapuava está com matrículas abertas. Entre as atividades do curso está o Projeto Integrador.

A ideia é de que os alunos proponham soluções inovadoras a partir da visão crítica da atuação profissional no segmento, ou seja, aplicam na prática tudo o que aprenderam durante as aulas. Mais informações www.pr.senac.br/tecnicos ou ainda ligar para: (42) 3626-7500 ou 0800 643 6 346.

Relacionadas

MAIS UMA MORTE

Pelo segundo dia consecutivo, Guarapuava registra morte por covid-19

Pérola do Oeste divulga linhas Interbairros aos domingos e feriados

DE 'DAR ÁGUA NA BOCA'

Como já é tradição, hoje (26) tem pastel da Catedral em Guarapuava

Comentários