Em abril, Turvo atendeu 1,3 mil pessoas de baixo poder aquisitivo

Prefeitura de Turvo está organizada para atender também as demandas do comércio local. Projeto prevê suporte financeiro para micro e pequenos empreendedores

Em abril, Turvo atendeu 1,3 mil pessoas de baixo poder aquisitivo (Foto: Ascom/Prefeitura de Turvo)

Em Turvo as famílias em estado de vulnerabilidade social contam o apoio da prefeitura. Assim as secretarias de Indústria, Comércio e Desenvolvimento e a da Família e Desenvolvimento Social dão o apoio necessário para os programas de benefícios.

De acordo com a prefeitura, somente em abril, a Secretaria de Família e Desenvolvimento Social atendeu mais de 1.300 pessoas. Destas, 570 por telefone e whatsapp e 746 por demanda espontânea na unidade do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

Assim, na Agência do Trabalhador, a atendimento presencial para auxiliar as pessoas em relação ao seguro desemprego, está ocorrendo mediante agendamentos no site. Porém, quem precisa fazer a Carteira de Trabalho, deve baixar o aplicativo da Carteira Digital.

Aqueles que não possuem acesso à internet e/ou aparelhos telefônicos, podem fazer a carteira de trabalho física. De acordo com a agência, há um número disponibilizado pelo Governo do Estado. “É só ir até a Agência do Trabalhador”.

SUPORTE

Conforme o secretário de Indústria, Comércio e Desenvolvimento Social, Cezar Machado, há o suporte aos empreendedores e empresas locais que necessitem de liberação de crédito neste período de pandemia.

Juntos, somam mais de 30 cadastros efetuados e vários deles já estão sendo liberados. Outra ação dessa Secretaria é o apoio aos empresários locais, como encaminhamento de pedido feito ao prefeito, para criação de lei sobre o fomento de crédito local. Assim, será uma parceria com sociedade de crédito.

A proposta será de que o município disponibilize 50 mil para avalizar créditos feitos por cooperativas e instituições financeiras de Turvo. “Será uma forma de apoiar o micro e pequeno empreendedor local na continuidade das atividades em meio à pandemia da covid-19”.

O projeto de lei passará pela aprovação da Câmara de Vereadores. De acordo com Cezar Machado, a ação faz parte do Programa Turvo Empreendedor. “O valor de R$ 50 mil será alocado em conta que terá R$ 500 mil em carta de crédito alavancado para empreendedores do município”.

COMIDA BOA

A Secretaria de Família e Desenvolvimento Social juntamente com as demais Secretarias Municipais, está fazendo a mediação entre o Governo do Estado do Paraná e as famílias de maior vulnerabilidade social (que pertencem ao CAD Único).

Por fim, as famílias poderão comprar produtos nos estabelecimentos credenciados pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Para mais informações sobre o benefício, acesse o site.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

OLHA A OPORTUNIDADE

Corpo de Bombeiros abre inscrições para curso de guarda-vidas civil

UTILIDADE PÚBLICA

Energisa divulga desligamento programado para Guarapuava

MAIS CONFIRMAÇÕES

Guarapuava registra cinco novos casos de covid-19 em 24h

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com