TSE lança aplicativo para tirar dúvidas no WhatsApp nas eleições 2020

O aplicativo traz informações sobre cuidados com a saúde para votar, dia, horário e local de votação. E também dicas para mesários

TSE lança aplicativo para tirar dúvidas no WhatsApp nas eleições 2020 (Foto: Arquivo/RSN)

Para ajudar a tirar dúvidas dos eleitores, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou um assistente virtual que funciona pelo aplicativo do WhatsApp. Chamado de “Tira-Dúvidas Eleitoral no WhatsApp”, o recurso tem o objetivo de facilitar o acesso do eleitor a informações relevantes sobre as eleições municipais de 2020. Além disso, reforça o combate à desinformação durante o período eleitoral.

De acordo com a Agência Brasil, o tira-dúvidas funciona por meio de um chatbot ou bot (assistente virtual), como também é chamado. Assim, o assistente virtual traz informações sobre diferentes temas de interesse do eleitor. Desde cuidados com a saúde para votar, informações sobre dia, horário e local de votação até dicas para mesários e informações sobre candidatura.

Para interagir com o assistente virtual, basta acessar a câmera do seu celular e apontá-la para o QR Code. Entretanto, se preferir, adicione o telefone +55 61 9637-1078 à lista de contatos. Ou acesse ainda pelo link wa.me/556196371078.

FAKE NEWS

Conforme informações, a cada tema apresentado, o chatbot oferece uma série de tópicos para o eleitor escolher. Assim, após digitar o número do tópico escolhido, o assistente virtual apresenta as informações solicitadas. De acordo com o TSE, o assistente virtual oferece ainda um serviço voltado exclusivamente ao esclarecimento de notícias falsas, as fake news.

Desta forma, o tópico “Fato ou Boato?” disponibiliza ao usuário alguns conteúdos desmentidos por agências de checagem de fatos. Por meio dele é possível desmistificar “os principais boatos sobre a urna eletrônica ou assistir a vídeos do biólogo e divulgador científico Átila Iamarino. Ainda de acordo com a Agência, ele traz dicas de como identificar conteúdos enganosos disseminados por meio da internet durante a pandemia de covid-19”.

Por fim, o TSE firmou acordo com representante do setor de telecomunicações no Brasil. O objetivo é garantir que os usuários possam acessar conteúdos do site da Justiça Eleitoral sem gastar o pacote de dados entre setembro e novembro. O período vai desde a campanha eleitoral até o fim do segundo turno.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

ROUBOU E ABANDONOU

Quadrilha abandona dinheiro após assalto e populares furtam as 'notas'

DENUNCIE

No Brasil, uma mulher é vítima de assassinato a cada nove horas

LUTO

Morre o jornalista Fernando Vannucci aos 69 anos em São Paulo

Comentários