Turvo, Irati e Prudentópolis adotam medidas de contenção ao Coronavírus

De acordo a Organização Mundial da Saúde, o surto do novo coronavírus constitui emergência em saúde pública de importância internacional

Turvo, Irati e Prudentópolis adotam medidas de contenção ao Coronavírus (Foto: Reprodução/ Pixabay)

As prefeituras de Irati, Turvo e Prudentópolis decretaram nessa quarta (18) novas medidas para conter a propagação do novo coronavírus. As medidas respeitam o decreto estadual assinado nessa segunda (16) pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior. De acordo a Organização Mundial da Saúde, o surto do novo coronavírus constitui emergência em saúde pública de importância internacional.

Assim, a partir dos decretos, ficam suspensas as aulas em escolas públicas e privadas nos municípios e eventos públicos de qualquer natureza, que reúna acima de 50 pessoas. As aulas foram suspensas por tempo indeterminado. Ainda de acordo com as determinações, todas as atividades culturais, visitas às bibliotecas, salas de cinema e outros eventos de qualquer natureza estão proibidos.

REGIÃO

Em Turvo, a determinação enfatiza que locais de grande circulação, como igrejas, associações e comércio em geral devem reforçar medidas de higienização e disponibilizar álcool gel 70% para a população. Mesmo que os pesquisadores e médicos estejam investigando o vírus, o que se sabe até o momento, é que a faixa de risco é formada por pessoas com 60 anos ou mais. Por isso, em consonância, as prefeituras determinam que o trabalho dos funcionários públicos que estejam nesta faixa, seja via home office.

Porém, as pessoas com problemas respiratórios, gestantes e lactantes, também estão dispensadas para trabalhar de casa. Tanto o Governo Federal, quanto o Estadual, recomendam o isolamento nas casas. Entretanto, os decretos municipais lembram que quem precisar utilizar o transporte coletivo e o transporte compartilhado da importância de deixar as janelas abertas para a circulação do ar.

Com estes decretos, todas as obras que são desenvolvidas com recursos próprios do municípios serão paralisadas. O intuito é que haja recursos para uma eventual necessidade em decorrência do coronavírus. Por fim, as prefeituras informaram que haverá possíveis contratações de profissionais temporários para trabalharem na área da Saúde.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ELEIÇÕES 2020

Campanha pela participação da mulher na política é lançada no Paraná

RETOMADA

Servidores do Estado poderão retomar atividades presenciais

SETEMBRO AMARELO

Pandemia reforça novos cuidados com a saúde mental

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com