Um paraíso no litoral paranaense chamado Ilha do Mel

Formada basicamente por ecossistemas de restinga e floresta Atlântica, a Ilha do Mel se destaca como um dos principais destinos de ecoturismo do Brasil

Ilha do Mel recebe melhorias do Governo do Estado (Foto: Divulgação/OJC)

Segundo destino turístico do Paraná, atrás das Cataratas do Iguaçu, a Ilha do Mel recebe cerca de 300 mil visitantes por ano. “A Ilha do Mel é um destino turístico já consolidado no Estado. O governo atua não apenas para promover. Mas, para garantir a segurança e a qualidade do serviço prestado no local”, afirma Rafael Andreguetto, diretor de Patrimônio Natural do Instituto de Água e Terra (IAT).

A Ilha do Mel guarda alguns tesouros que são únicos no litoral do Paraná. Os principais são a Fortaleza Nossa Senhora do Prazeres, Patrimônio Histórico da União, construída em 1770 para proteger a Baía de Paranaguá de possíveis ataques de inimigos da Coroa Portuguesa.

Além do Farol das Conchas, construído em meados do século 19 e que tem uma vista privilegiada de toda a ilha. E ainda a Gruta de Encantadas; além de trilhas no meio da Mata Atlântica que chegam a belas praias.

Formada basicamente por ecossistemas de restinga e floresta Atlântica, o lugar se destaca como um dos principais destinos de ecoturismo do Brasil.

Gruta das Encantadas (Foto: Renato Soares)

Esses atrativos, aliados à tranquilidade que o local oferece, são valorizados com o investimento na infraestrutura, destaca Paulo Sérgio Nogueira, coordenador da Ilha do Mel pelo IAT. “Há muita circulação de pessoas durante o dia e muitas pousadas estão com lotação máxima até o Carnaval. O turista que vem quer ter a tranquilidade de desembarcar com segurança e estar em um local estruturado”, diz.

INVESTIMENTOS

O Governo do Estado está investindo cerca de R$ 8 milhões para melhorias na infraestrutura na Ilha do Mel. As melhorias incluem a instalação de trapiches flutuantes em Encantadas e Nova Brasília. Além da dragagem dos canais de acesso aos trapiches e reforço na coleta de lixo. De acordo com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente a ideia é melhorar ainda mais os atrativos e a qualidade de vida no local, beneficiando moradores e turistas.

Acesso à Gruta das Encantadas (Foto: Renato Soares)

Além disso, estão sendo feitas obras de revitalização da Praça de Alimentação e da Praça Central de Encantadas. E limpeza dos canais, reforma das passarelas existentes e no Receptivo de Turistas de Nova Brasília. Ainda de acordo com a secretaria, estão previstas, ainda, a construção do receptivo de Encantadas e reforço na coleta de lixo, além de mirantes, passarelas e projetos de acessibilidade.

A estrutura existente para embarque e desembarque na ilha já não dava mais segurança aos turistas e moradores. Os trapiches, entretanto, foram instalados há 20 anos e sofriam com a ação do tempo e da maresia, causando riscos para as pessoas. Assim, os flutuantes são temporários e ficarão disponíveis para a atracação das embarcações até a construção dos novos trapiches. Tais estruturas já foram licitadas e serão instaladas com recursos da empresa pública Portos do Paraná.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

ALERTA

Ocupação de leitos de UTI do HR em Guarapuava está em 97%

REAÇÃO

Funcionários do BB protestam na Agência do Lago na manhã desta sexta

'EXPLOSÃO' COVID-19

Saúde de Guarapuava confirma 128 casos da covid-19

Comentários