Um paraíso no litoral paranaense chamado Ilha do Mel

Formada basicamente por ecossistemas de restinga e floresta Atlântica, a Ilha do Mel se destaca como um dos principais destinos de ecoturismo do Brasil

Ilha do Mel recebe melhorias do Governo do Estado (Foto: Divulgação/OJC)

Segundo destino turístico do Paraná, atrás das Cataratas do Iguaçu, a Ilha do Mel recebe cerca de 300 mil visitantes por ano. “A Ilha do Mel é um destino turístico já consolidado no Estado. O governo atua não apenas para promover. Mas, para garantir a segurança e a qualidade do serviço prestado no local”, afirma Rafael Andreguetto, diretor de Patrimônio Natural do Instituto de Água e Terra (IAT).

A Ilha do Mel guarda alguns tesouros que são únicos no litoral do Paraná. Os principais são a Fortaleza Nossa Senhora do Prazeres, Patrimônio Histórico da União, construída em 1770 para proteger a Baía de Paranaguá de possíveis ataques de inimigos da Coroa Portuguesa.

Além do Farol das Conchas, construído em meados do século 19 e que tem uma vista privilegiada de toda a ilha. E ainda a Gruta de Encantadas; além de trilhas no meio da Mata Atlântica que chegam a belas praias.

Formada basicamente por ecossistemas de restinga e floresta Atlântica, o lugar se destaca como um dos principais destinos de ecoturismo do Brasil.

Gruta das Encantadas (Foto: Renato Soares)

Esses atrativos, aliados à tranquilidade que o local oferece, são valorizados com o investimento na infraestrutura, destaca Paulo Sérgio Nogueira, coordenador da Ilha do Mel pelo IAT. “Há muita circulação de pessoas durante o dia e muitas pousadas estão com lotação máxima até o Carnaval. O turista que vem quer ter a tranquilidade de desembarcar com segurança e estar em um local estruturado”, diz.

INVESTIMENTOS

O Governo do Estado está investindo cerca de R$ 8 milhões para melhorias na infraestrutura na Ilha do Mel. As melhorias incluem a instalação de trapiches flutuantes em Encantadas e Nova Brasília. Além da dragagem dos canais de acesso aos trapiches e reforço na coleta de lixo. De acordo com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente a ideia é melhorar ainda mais os atrativos e a qualidade de vida no local, beneficiando moradores e turistas.

Acesso à Gruta das Encantadas (Foto: Renato Soares)

Além disso, estão sendo feitas obras de revitalização da Praça de Alimentação e da Praça Central de Encantadas. E limpeza dos canais, reforma das passarelas existentes e no Receptivo de Turistas de Nova Brasília. Ainda de acordo com a secretaria, estão previstas, ainda, a construção do receptivo de Encantadas e reforço na coleta de lixo, além de mirantes, passarelas e projetos de acessibilidade.

A estrutura existente para embarque e desembarque na ilha já não dava mais segurança aos turistas e moradores. Os trapiches, entretanto, foram instalados há 20 anos e sofriam com a ação do tempo e da maresia, causando riscos para as pessoas. Assim, os flutuantes são temporários e ficarão disponíveis para a atracação das embarcações até a construção dos novos trapiches. Tais estruturas já foram licitadas e serão instaladas com recursos da empresa pública Portos do Paraná.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

SUSPENSÃO

TCE suspende licitação para coleta de lixo por 'irregularidade' em Irati

POLÊMICA

Em documentário, Papa Francisco defende união civil entre homossexuais

DIGNIDADE

Idosos de Pinhão terão Centro de Convivência da Terceira Idade

Comentários