UniGuairacá promove live com o tema ‘Envelhecer é uma arte’

A live ocorrerá nesta quarta (25), a partir das 19h no canal do Youtube da UniGuairacá. A iniciativa é dos alunos do curso de Psicologia

UniGuairacá promove live com o tema ‘Envelhecer é uma arte’ (Foto: Reprodução/Pixabay)

O curso de Psicologia do Centro Universitário UniGuairacá promove uma live nesta quarta (25) com o tema “Envelhecer é uma arte”. Desse modo, a ação começará às 19h30 pelo canal do YouTube. O projeto é uma iniciativa dos alunos dos 3º e 4º períodos do curso de Psicologia. Eles tiveram a ideia do projeto depois do estudo da velhice na disciplina de ‘Psicologia e Gerontologia’.

Conforme a assessoria do centro universitário, o objetivo é trazer novos olhares sobre a velhice. Assim, mostrando, através da arte, as peculiaridades, as dificuldades e as belezas dessa fase tão importante. De acordo com uma das alunas integrantes do projeto, Karolayne Padilha, a ação tratará da importância de pensarmos a velhice de outra forma.

Será que você já parou para pensar na sua velhice e em quem você é ou será na última fase da sua vida? Quais são ou serão seus anseios, prioridades, dificuldades e aprendizados? Por que olhamos para a velhice com medo e receio se é uma fase tão linda e cheia de novidades?

NOVA PERSPECTIVA

Conforme a organização, a turma pretende trazer uma nova perspectiva do envelhecimento. Dessa maneira, quebrando tabus e desvelando preconceitos. Assim, para que seja possível desenvolver uma relação mais carinhosa e saudável com o próprio envelhecimento, com o outro e consigo mesmo.

Além disso, a live contará com a participação especial da cantora lírica Eliana Fialho. E com duas representantes da assistência social, a Andréia Turkot da Coordenadora da Proteção Básica e a Carol Taques, professora do programa ‘Ativa Idade’.

(Arte: Ascom/UniGuairacá)

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

BOLETIM COVID

Saúde de Guarapuava já contabiliza mais de 1.100 casos de covid-19 em janeiro

EDUCAÇÃO

PR é exemplo de prevenção na aplicação da prova do Enem, diz ministro da Educação

INÍCIO DE VACINAÇÃO

Enfermeira é a primeira a receber a vacina no Brasil

Comentários