UniGuairacá sedia capacitação para voluntários do projeto GSV

No Brasil, a cada 45 minutos ocorre um caso de suicídio. A partir desses e outros dados alarmantes é que nasceu o projeto em Guarapuava. #RSN

UniGuairacá sedia capacitação para voluntários do projeto GSV(Foto: Ascom/ UniGuairacá)

O mês de janeiro é marcado pelo branco como forma de conscientização em uma campanha que iniciou em 2014. Assim, busca chamar a atenção para a saúde mental na vida das pessoas. Pensando nisso, a UniGuairacá Centro Universitário está sediando a capacitação de novos voluntários do projeto Guarapuava Salvando Vidas (GSV), que é um grupo de voluntários que presta um serviço de prevenção do suicídio para quem está precisando desabafar.

Segundo o coordenador do GSV, Arthur Mondin, a capacitação acontece entre dez a doze encontros. Desse modo, são feitos treinamentos com diversas situações que o voluntário pode encontrar ao fazer os atendimentos.

No Brasil, a cada 45 minutos ocorre um caso de suicídio. A partir desses e outros dados alarmantes é que nasceu o projeto em Guarapuava. O objetivo é oferecer um canal de escuta e cobrir todo o Paraná com a ajuda dos voluntários.

Conforme Modin, a capacitação é fundamental para que o atendimento seja o adequado nas mais diferentes situações. “Em um atendimento desse tipo, existe uma forma mais especial e específica de nos portarmos, que é diferente daquela do nosso dia a dia”.

Após saber que três suicídios haviam ocorrido na Região de Guarapuava, a pedagoga Lucimari Vieira dos Santos comentou que teve vontade de participar do GSV. Ela diz que espera de alguma forma ajudar alguém que esteja precisando “de uma palavra, de ouvir algo diferente, algo de bom. Portanto, eu espero fazer a diferença na vida de alguém”.

SE PRECISAR DE AJUDA ENTRE EM CONTATO

Sendo assim, o atendimento do projeto é feito pelo chat e cada voluntário assume um plantão semanal das 19h às 23h (de domingo a sexta) e das 19h às 22h aos sábados. Para se tornar um voluntário é necessário ter mais de 18 anos e participar de um curso de aproximadamente 30 horas de duração.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

PANDEMIA DA COVID-19

Guarapuava registra mais duas mortes por covid-19

MAIS FACILIDADE

Sanepar permite parcelamento em até 60 vezes para dívidas

LUTO

Morre nesta segunda (18) a empresária Aline Pires em Guarapuava

Comentários