Vacinação contra sarampo vai até 30 de agosto em Guarapuava

Até o momento, mais de 19 mil doses da vacina foram aplicadas em Guarapuava. Mas a cobertura ainda precisa ser ampliada no município

Vacinação contra sarampo vai até 30 de agosto em Guarapuava (Foto: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

Quem tem entre 20 e 49 anos e ainda não se vacinou contra o sarampo, tem até 30 de agosto para se proteger em Guarapuava. A Saúde Municipal segue intensificando a prevenção no município. De acordo com a a chefe do Departamento de Epidemiologia, Chayane Andrade, a vacina deve ser tomada independente de quantas doses a pessoa já tenha tomado. “O sarampo é tão contagioso quanto o novo coronavírus e, neste momento de pandemia, a população precisa se proteger contra qualquer doença, para fortalecer o sistema imunológico”.

Até o momento, mais de 19 mil doses dessa vacina foram aplicadas em Guarapuava. Contudo, a cobertura ainda precisa ser ampliada. “Estamos intensificando as ações porque já temos sarampo no município e temos recebidos fichas de notificação de casos em investigação. Isso mostra que o vírus está circulando e que a vacinação é imprescindível”.

A vacina está disponível em todas as UBS (Unidades Básicas de Saúde), exceto no Parque das Árvores, de segunda a sexta. No Cisgap também há doses disponíveis durante a semana, com exceção nas quintas, quando são aplicadas somente doses de BCG em crianças recém-nascidas. Assim, para receber a dose é necessário ter em mãos a carteirinha de vacinação, um documento com foto e cartão SUS (Sistema Único de Saúde).

Vale lembrar que a Secretaria de Saúde também disponibiliza informações no Fala Saúde. O aplicativo apresenta o histórico de vacinas do usuário, podendo enviar avisos e lembretes sobre vacinação e outras assuntos. Assim, para utilizar, basta estar com o cadastro atualizado na UBS.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

DELÍCIA LOCAL

Hoje (3) é dia de pastel da Catedral em Guarapuava

EM LUTO

Despedida de George Karam será restrito à família em Guarapuava

LUTO

Morre o médico pediatra George Karam por complicações da covid-19

Comentários