Vestibular indígena está com inscrições abertas no Paraná

As provas serão em Londrina, Ponta Grossa, Cascavel, Guarapuava e Curitiba nos dias 11 e 12 de abril. As inscrições seguem até 7 de dezembro

Vestibular indígena está com inscrições abertas no Paraná (Foto: Reprodução/SETI)

Estão abertas as inscrições para o 20º Vestibular dos Povos Indígenas do Paraná, para ingresso no ano letivo de 2021. As inscrições são gratuitas e seguem até o dia 7 de dezembro. Os interessados podem se inscrever no portal da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), instituição organizadora do concurso deste ano.

As provas serão nos dias 11 e 12 de abril, para as vagas nos cursos de graduação das sete universidades estaduais e na Universidade Federal do Paraná (UFPR). Os candidatos devem ser estudantes indígenas que tenham concluído o ensino médio e que não possuam curso superior. No caso de escolha de um curso ofertado pelas universidades estaduais, o candidato deverá comprovar que pertence a uma comunidade indígena do território paranaense.

INSCRIÇÕES

Além disso, o processo de inscrição será totalmente eletrônico. O candidato deverá preencher inicialmente o formulário disponível aqui  e anexar a Autodeclaração/Carta de Recomendação assinada pelo candidato e pelo cacique da comunidade. Posteriormente, o candidato deverá preencher o questionário socioeducacional e indicar a universidade em que pretende concorrer em primeira opção.

Conforme o superintendente estadual de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona, o Vestibular Indígena é uma política de transformação social na vida dos estudantes. Assim, possibilitando o ingresso em cursos de graduação e pós-graduação que são referência no Brasil.

PROVAS

As provas serão em Londrina, Ponta Grossa, Cascavel, Guarapuava e Curitiba. Desse modo, os candidatos que não residem nas terras indígenas ou nos municípios relacionados farão as provas em locais indicados pela comissão organizadora do concurso. Assim, respeitando a proximidade de residência. E já os candidatos que não residem no Paraná farão as provas em Curitiba.

O conteúdo prevê a grade curricular do Ensino Médio, sendo que os candidatos poderão optar por inglês ou espanhol ou língua indígena (guarani ou caingangue).

LEI

No Paraná, a lei estadual nº 13.134/2001, modificada pela lei estadual 14.995 de 2006 que garante o vestibular indígena. Ela reserva vagas suplementares para indígenas no ensino superior público paranaense. Dessa maneira, o concurso é promovido anualmente pelas universidades, que se revezam na organização e na aplicação do concurso.

Por fim, outras informações sobre o 20º Vestibular dos Povos Indígenas do Paraná podem ser obtidas pelo número (43) 3511-3200 ou e-mail: cuia@uenp.edu.br.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ALTA PROCURA

Faculdade Guarapuava formou 200 profissionais de contabilidade

LER FAZ BEM

Bibliotecas da Unicentro indicam livros do acervo no Instagram

GUARAPUAVA

Capital da Cevada e do Malte agora tem curso técnico de mestre cervejeiro

Comentários