Violência doméstica cresce 187% no bairro Morro Alto em Guarapuava

Em 2018 o bairro contou com 33 ocorrências de violência doméstica. Já em 2019 o número foi de 95 registros. Morro Alto lidera as ocorrências de outros oito tipos de crime

O segundo crime mais cometido no bairro é ameaça com 112 registros em 2019 (Foto: Arquivo RSN)

Um relatório elaborado pela assessoria de imprensa do 16° Batalhão de Polícia Militar, a pedido do Portal RSN, em Guarapuava, demonstrou que o bairro Morro Alto teve um crescimento exponencial em crimes de violência doméstica no período de um ano. De acordo com os dados, a incidência de crimes cresceu 187% em 2019. O bairro lidera o ranking de ocorrências policiais na cidade.

Conforme a análise minuciosa feita pela PM, em todo o ano de 2018 o bairro contou com 33 ocorrências desta natureza, ocupando o segundo lugar no ranking de bairros neste tipo de crime. Em 2019, foram 95 ocorrências, 18% do total registrado em todos os bairros. O segundo bairro que mais teve situações desta natureza no último ano, foi o bairro Industrial com 51 situações.

Além disso, o bairro Morro Alto ainda lidera a incidência de ocorrências de crimes de ameaça (112), lesão corporal (74), dano (51), injúria (17), resistência (15), desobediência (12), desacato (12) e perturbação de tranquilidade (13). E ainda é o segundo colocado na incidência do crime de tráfico de drogas. O primeiro colocado neste quesito é o bairro Boqueirão com 39 ocorrências ao longo de 2019.

CENTRO VIOLENTO

O Centro é o segundo colocado no ranking de ocorrências. De acordo com os dados da PM, o crime mais registrado no Centro de Guarapuava em 2019 foi o furto simples, com 74 ocorrências. A lista segue com furto qualificado (72), roubo (49), vias de fato (44), dirigir sob efeito de álcool (44), dirigir sem CNH (20) e perturbação de trabalho ou sossego (16).

Por fim, o crime mais registrado pela polícia de Guarapuava em 2019 foi ameaça, com 807 ocorrências. O crime menos registrado no mesmo período foi roubo agravado.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

MELHORIA NO ATENDIMENTO

Para vender mais é preciso ter atitude, diz palestrante

NOVA 'EXPLOSÃO'

'Explosão da covid-19': Guarapuava confirma 110 casos e a 30ª morte

DOENÇA PERIGOSA

Sesa registra três mortes de macacos por febre amarela

Comentários