Vitor Hugo Burko apresenta a nova sistemática de fiscalização

A discussão que corre no Congresso Nacional Brasileiro e que precisa de alguma conclusão, para que se possa chegar a um equilíbrio entre a política ambiental e a política de desenvolvimento, movimentou Guarapuava nesta manhã de sábado (20). As mudanças no Código Florestal levaram mais de 800 pessoas ao seminário “Meio Ambiente: novos padrões de fiscalização e mudanças no Código Florestal”, no Pahy Centro de Eventos.
Durante o mês de março acontecem oito eventos no Estado, nas diversas regiões, e em todos o presidente do IAP, Vitor Hugo Burko (foto), é palestrante. Em um dos momentos do seminário, ele apresenta a nova sistemática de fiscalização que o IAP está implantando.
De acordo com Burko, a questão ambiental interfere hoje na vida de todas as pessoas, principalmente no setor produtivo positivamente ou negativamente pela norma ambiental. “É absolutamente importante discutir e construir processos que venham a possibiltar que o meio ambiente não seja afetado e as pessoas consigam produzir”, afirmou.

Texto e foto: Andréa A. Alves

Relacionadas

RIQUEZA DO CAMPO

Exportação de grãos deve crescer 8,5% no Porto de Paranaguá

ALTA TECNOLOGIA

Região de Guarapuava é a maior produtora de cevada do Paraná

VENTO A FAVOR

Frente fria impede chegada da praga de gafanhotos no Brasil

Comentários