De advogado a desembargador do Tribunal de Justiça do Paraná

Fábio Dalla Vecchia no dia da posse como desembargador (Foto: TJ-PR)

Guarapuava é inegavelmente um berço de talentos nas mais diversas áreas de atuação. O Desembargador Fábio Haick Dalla Vecchia é um dos destaques na área da Justiça. Com 52 anos de idade é o primeiro dos quatro filhos do casal Darnis Antônio Dalla Vecchia e Zilma Haick Dalla Vecchia. Advogado, depois juiz, em 2014, pelo critério de merecimento, foi eleito membro do Conselho da Magistratura do Paraná, sendo reeleito para o biênio 2017/2018. Atualmente, é Presidente da Décima Primeira Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná.

Ainda criança, em Guarapuava, a primeira escola frequentada foi a Escolinha Bolinha de Neve, no pré-primário. Iniciou os seus estudos formais nas escolas públicas de Guarapuava: Escola de Aplicação Visconde de Guarapuava, depois, na Escola Manoel Ribas. Com 14 anos, foi continuar os seus estudos em Curitiba. Após o exame de seleção no Centro de Educação Tecnológica do Paraná, à época CEFET, fez o curso de Eletrônica formando-se em Auxiliar Técnico de Eletrônica.  Após cursar o terceiro ano desse curso, resolveu prestar vestibular para Engenharia Elétrica em Santa Catarina, Campus de Joinville, e para a Faculdade de Direito de Curitiba. Foi aprovado nos dois vestibulares, mas daí em diante, abandonou a Eletrônica por ter encontrado no Direito a sua vocação profissional. Formou-se em Direito em junho de 1989. Anteriormente, enquanto ainda era acadêmico do curso de Direito, ao cumprir horas-aula para a disciplina de estágio, assistiu a uma sessão de julgamento da Corte de Justiça e decidiu que esse seria o seu propósito: estudar com afinco para ingressar na magistratura estadual. Daí em diante, sempre procurou aperfeiçoar-se participando de cursos, de Direito e de outras áreas, lendo muito, dedicando-se bastante para poder alcançar os seus objetivos. “O apego aos livros e o amor aos estudos foram um norte para mim” afirmou Fábio Haick Dalla Vecchia, no dia de sua posse como desembargador, em 05 de novembro de 2013.

Apesar de estar tantos anos longe da sua cidade natal, deixou a sua marca no local onde estão as suas raízes, sendo reconhecido, por muitos vereadores, como merecedor do Título de Cidadão Benemérito de Guarapuava que recebeu em 09 de dezembro de 2015.

O desembargador Fábio Haick Dalla Vecchia e sua família (Foto: TJ-PR)

É casado com Mônica Maria Guimarães de Macedo Dalla Vecchia. Tem dois filhos, Bruno Fernando, bacharel em Direito, e Maria Eduarda.

Filho, marido, pai e irmão amoroso, dedica especial carinho para a sua cidade natal, onde passou a sua infância e parte da sua adolescência e onde residem os seus pais, duas de suas irmãs com suas famílias, e muitos dos seus familiares. Desde o pré-primário na Escolinha Bolinha de Neve, e em todos os lugares onde residiu, conquistou amigos sinceros. Leitor voraz, sempre está com um livro nas mãos. Os seus assessores consideram-no idôneo, competente, comprometido e dedicado ao seu trabalho e aos estudos do Direito, tratando a todas as pessoas com igualdade, sem distinção. Ao mesmo tempo, incentiva-os a continuarem estudando e se aperfeiçoando.

 

NA MAGISTRATURA

O Desembargador Fábio Haick Dalla Vecchia, é especialista em Direito Público. Ingressou na magistratura do Paraná, como juiz de Direito substituto, em dezembro de 1992, na Seção Judiciária de Bela Vista do Paraíso. Ainda como juiz substituto, atuou nas comarcas de Clevelândia e Marechal Cândido Rondon.

Em setembro de 1994, foi promovido a juiz de Direito da comarca de entrância inicial de Barracão, posteriormente removido à comarca de Engenheiro Beltrão. Promovido por merecimento à entrância intermediária, em dezembro de 1995, atuou na comarca de Paranavaí.

Na entrância final, após promoção por merecimento, assumiu o cargo na comarca de Londrina, em dezembro de 1996, sendo removido à comarca de Curitiba, em novembro de 1999. Exerceu as funções de juiz auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça, no biênio 2001/2002. Em abril de 2004, foi removido por merecimento ao cargo de juiz substituto em segundo grau. Em 05 de novembro de 2013 foi eleito Desembargador, promovido por merecimento. Em 2014, também pelo critério de merecimento, foi eleito membro do Conselho da Magistratura do Paraná, sendo reeleito para o biênio 2017/2018. Atualmente, é Presidente da Décima Primeira Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná.

 

 

 

Comentários