Entre as teclas do acordeon a comicidade do ‘Santo Fole’

O talento, a criatividade e o olhar diferenciado sobre o setor, levaram o acordeonista Paulo Henrique Kaspczak  a investir em plataformas digitais

A comicidade do Santo Fole (Foto: Divulgação)

O talento, a criatividade e o olhar diferenciado sobre o setor, levaram o acordeonista Paulo Henrique Kaspczak  a investir em plataformas digitais. A marca é o Santo Fole.
Acordeonista, sanfoneiro, como ele se auto-descreve, Paulinho mora em Irati. E é de lá que o artista, ainda em 2016, teve uma grande ‘sacada’.
Assim, quando viu uma carência entre os acordeonistas começou a produzir ‘memes’ destinados a essa categoria. “Percebi uma carência, tanto física quanto de conteúdo, que fosse voltada para os sanfoneiros e procurei atender essa demanda”.

GRIFE

Além da comicidade dos ‘memes’, que cresce a cada dia, e que em 2018 saltou de três mil para mais de 50 mil seguidores orgânicos, surgiu uma grife do Santo Fole.
São camisetas, bonés, acessórios para acordeons, estampas que remetem à sanfona, fotos de sanfoneiros famosos. “Se os roqueiros tem várias opções de roupas, de cartazes e outros acessórios, nós sanfoneiros agora também temos”.

NO YOUTUBE

Porém, a brincadeira que começou por acaso, tomou proporções nacionais. “Começamos com um canal no Youtube e está dando muito certo. Estamos atingindo outros públicos, principalmente, o jovem”. Aliás, esse é o objetivo do Santo Fole, Fazer com que a juventude se interesse pelo instrumento. “Muitas crianças estão se aproximando, querendo aprender a tocar e esse é o nosso objetivo”.
De acordo com Paulinho, muitas pessoas que se identificam com o cotidiano dos acordeonistas, que gostam das piadas, seguem o canal. Assim já são mais de 20 mil inscritos. Os vídeos são postados à sextas às 18h. Porém, nas redes sociais, a atualização é diária.
Entretanto, o sucesso não para por aí. Agora o Santo Fole se une ao humorista guarapuavano Juca Bala. A dupla vem arrancando risos desde 25 de outubro quando houve a estreia em Curitiba.

*Conheça um pouco do Santo Fole no vídeo abaixo.

 

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CULTURA E ARTE

Felchak vai abrir inscrições para quem deseja fazer arte

LAZER

MON terá oficina de construção de brinquedos neste domingo

CULTURA PARANAENSE

Férias no Museu Paranaense valorizam povos originários do Paraná

Comentários