Está aberto edital para seleção de artistas

Os escolhidos para a Mostra 3M de Arte receberão cachê de R$ 5 mil e verba de R$ 30 mil para custear a produção

Participar de uma mostra de arte é o desejo de muitos artistas, por isso iniciativas que buscam viabilizar esse sonho são fundamentais para democratizar a difusão artística. É justamente esse o intuito do edital publicado nesta semana pela Mostra 3M de Arte, que vai selecionar cinco participantes para a 9ª edição da exposição. A Mostra acontecerá em outubro, no Largo da Batata, em São Paulo.

Artistas de todo o país podem participar, incluindo estrangeiros residentes no Brasil há mais de dois anos e brasileiros que moram em outro país. As inscrições podem ser feitas pelo site até o dia 30 de junho.

O tema deste ano é “Manifestos por outros mundos possíveis”, e quem assina a curadoria é o artista Daniel Lima, bacharel em Artes Plásticas, Mestre em Psicologia e Doutorando em Meio e Processos Audiovisuais pela Universidade de São Paulo. O conceito definido por ele discute estética e proposição de ações para um mundo melhor e possível, que aceite e englobe as diferenças, sejam elas quais forem:

O projeto incentiva os artistas a pensarem a relação com o espaço entorno em sua dimensão histórica e social. É valorizada a inclusão e participação de moradores, comerciantes e usuários do espaço do Largo da Batata e também as conexões com outras regiões do Brasil, na busca por diagramas geopolíticos das diversas dimensões do território brasileiro

Ainda conforme Lima, a ideia é dar voz e contemplar pessoas que encorajam e têm uma luta de afirmação de grupos que são minorizados, além de propor a ocupação do espaço público.

Os artistas interessados em participar precisarão apresentar projetos que estejam conectados com essa temática, não apenas no conteúdo, mas também no formato. É necessário ser uma obra inédita, que dialogue com o público comum, que resista a fatores climáticos e intervenções humanas.

No ato da inscrição é preciso enviar biografia resumida do(a) participante, portfólio com 20 imagens de outros projetos, proposta de obra e respectivo projeto de realização com até 15 (quinze) imagens apresentando cronograma, orçamento detalhado para a produção, montagem e desmontagem da proposta, bem como outros custos que se fizerem necessários.

Todos os selecionados deverão considerar fatores como o local da Mostra, duração da exposição e acesso do público, além do acompanhamento em tempo integral da instalação da obra. Para selecionados que não moram em São Paulo haverá hospedagem e transporte pagos pela empresa responsável.

Cada artista selecionado receberá um cachê no valor de R$ 5 mil e o valor de R$ 30 mil como verba de produção, incluindo transporte, instalação e desinstalação da obra.

 

Relacionadas

CULTURA E ARTE

Felchak vai abrir inscrições para quem deseja fazer arte

LAZER

MON terá oficina de construção de brinquedos neste domingo

CULTURA PARANAENSE

Férias no Museu Paranaense valorizam povos originários do Paraná

Comentários