No mês do Orgulho LGBT, Carina Silva defende o diálogo familiar como arma contra o preconceito

Da Redação

Guarapuava – Junho é o mês do Orgulho LGBT e a RSN levanta a bandeira junto com a convidada dessa edição do RedeSul Entrevista, Carina Silva. À frente do Coletivo Bajubá, em Guarapuava, a educadora defende o diálogo familiar como uma das principais armas contra o preconceito e a discriminação. E ela está mais que certa. Educação e respeito se aprendem em casa, num ambiente onde impera acima de tudo, o amor. Aceitar a diferença é base para uma sociedade mais justa e menos dividida.

Assista a íntegra na RedeSul TV e caso tenha, deixe seu preconceito guardado bem no fundo da gaveta ou dentro do armário. Se puder se desfazer dele de vez, melhor ainda. 

MAIS VÍDEOS

Comentários