“A pauta é conter a pandemia. Não posso pensar em eleição”, diz Cesar Filho

Embora o foco de Cesar Filho seja a pandemia, dois pré-candidatos assumidos vão disputar o apoio do prefeito. Correndo por fora, pode surgir Sandro Abdanur

“A pauta é conter a pandemia. Não posso pensar em eleição”, diz Cesar Filho (Foto: Reprodução/Facebook)

Embora a data prevista para as convenções esteja se aproximando, a prioridade do prefeito Cesar Silvestri Filho (Podemos) não é a escolha do nome que vai apoiar. As convenções municipais que vão homologar as candidaturas a prefeito, vice e vereador, é entre 20 de junho a 5 de agosto.

“A minha prioridade neste momento não é a escolha do nome que vai concorrer com o meu apoio. O foco atualmente é o controle da pandemia, com ações que impeçam o avanço da doença no nosso município”.

De acordo com o prefeito, em contato com o Portal RSN, nesta sexta (8), antes da pandemia havia conversa, envolvendo, inclusive o grupo do ex-prefeito Fernando Ribas Carli. “Tudo estava sendo conduzido da melhor maneira possível. Mas com a pandemia as coisas mudaram e outras mudanças virão”.

Conforme o prefeito de Guarapuava, que lidera o Podemos no Paraná, ainda há dúvidas se as eleições ocorrerão ou não. “Não sabemos quando e nem como”.

“SOU O PRÉ-CANDIDATO DO PODEMOS”

Itacir Vezzaro (Foto:Arquivo/RSN)

Enquanto isso, o grupo de Cesar Filho conta agora com dois pré-candidatos assumidos. Um deles é o vice-prefeito e secretário de Obras, Itacir Vezzaro. Filiado ao Podemos, partido liderado pelo prefeito no Paraná, Itacir reivindica para si o que se chama de candidatura natural.

Ele entende assim por ser o atual vice-prefeito. Porém, essa condição também foi vivenciada pelo atual secretário de Agricultura Ademir Fabiane, na primeira eleição de Cesar Filho a prefeito, quando perdeu para Fernando Ribas Carli.

Na eleição seguinte, como Cesar Filho era o preferido nas eleições, Fabiane, inicialmente, queria manter a ‘dobradinha’. Porém, em nome de coligações da época, recuou para facilitar as ‘costuras’ de Cesar Filho para chegar à Prefeitura. E assim aconteceu.

Bem, em contato com o Portal RSN, Itacir já disse que é um ‘homem de grupo’ e o que for para melhor, assim será. Entretanto, insiste na pré-candidatura e espera ser o ungido do grupo situacionista. “Eu sou o pré-candidato do Podemos”, disse, mais uma vez ao RSN.

“Ele é o pré-candidato do Partido, mas quem vai decidir é a convenção”, afirma o prefeito.

“HOJE O FOCO É A SAÚDE DA POPULAÇÃO”

Celso Goes (Foto: Reprodução/Facebook)

Também no páreo o secretário municipal de Saúde Celso Goes (Cidadania) já tem o aval do líder estadual do partido, o deputado federal Rubens Bueno. Embora o foco seja hoje o comando das ações para conter o avanço do coronavírus no município, Celso Goes, a cada dia, ganha a simpatia da população pelo trabalho que vem sendo feito na Secretaria de Saúde durante a pandemia.

A comprovação pode ser vista nas manifestações populares durante as ‘lives’ quase diárias que vem fazendo no seu perfil no Facebook. Porém, Celso Goes diz que a sua preocupação é fazer com que os guarapuavanos  “saiam ilesos” da pandemia.

“Temos o coronavírus, o sarampo, a dengue, a gripe e o frio rigoroso que está chegando e dá mostras de como será. Portanto, não tenho tempo para pensar em política neste momento. Hoje o meu foco e do prefeito Cesar Filho é a saúde da população guarapuavana”.

Dessa forma, está aí uma boa plataforma que, caso Guarapuava saia sem maiores arranhões, ao fim da pandemia, poderá ‘cacifar’ Celso Goes a ser o escolhido de Cesar Filho.

“À DISPOSIÇÃO DO GRUPO”

Sandro Abdanur (Foto: Arquivo/RSN)

Assim, outro que vem sendo cogitado para sair pelo grupo situacionista é o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Sandro Abdanur (PSD). Embora não seja uma pessoa com peso popular, tem a simpatia da parcela ligada à inovação e tecnologia. Foi também o elo entre empresários e a administração na retomada dos voos comerciais.

Em conversas com o Portal RSN, Sandro Abdanur limita-se a repetir o discurso de que é “companheiro” e que está “à disposição do grupo”. E é justamente dentro do grupo que está a maior simpatia pelo nome do secretário. Ele é visto como sendo o mesmo perfil de Cesar Filho e seria a continuidade de tudo o que está em andamento.

“JOGOU A TOALHA”

Aldo Bona (Foto: Arquivo/RSN)

Porém, o outro pré-candidato do grupo do prefeito, o superintendente de Ciência Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona, desistiu. Ele confirmou essa decisão ao RSN. “Decidi que não serei candidato”.

Já Cesar Filho, volta a dizer que neste momento, escolha de candidato e eleições não estão na sua pauta.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com