Adoção responsável: como adotar um amigo no canil de Guarapuava

A equipe do Canil Municipal promove feiras regulares de adoção em Guarapuava. Mas você pode encontrar o seu amigão, no canil

Saiba como adotar um amigo no canil de Guarapuava (Foto: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

Todos já ouviram dizer que os cães são os melhores amigos do homem, certo? Mas, mesmo com a ciência popular de tamanha parceria, o número de abandonos desses animais é alto. Além disso, as ruas estão cada vez mais cheias de cachorros sem lar. Em uma tentativa de controlar a quantidade de cães abandonados e de tornar a vida desses animais melhor, a prefeitura de Guarapuava mantém o Canil Municipal.

Assim, de acordo com diretor de Departamento de Licenciamento e Fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente, Fabio Gorski, o canil é uma casa de passagem para acolher os bichinhos enquanto não encontram uma família novamente. “Aqui os animais são cuidados com toda a assistência necessária como vacinas, medicamentos, comida, limpeza, brinquedos e uma área de lazer”.

(Foto: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

Foi assim com a Akira, que recebia esses cuidados no Canil Municipal. Esta semana, ela foi adotada e levada para a nova casa. Vanessa Neves e Adrian de Matos Oliveira, ambos com 20 anos, são casados e moram no Feroz II. Eles já têm uma cachorrinha chamada Lilica. E conforme Vanessa, agora decidiram aumentar a família.

“Há um tempo queríamos adotar e dar uma irmãzinha para a Lilica. Temos certeza que a Akira será uma ótima companhia. Por mais que os cachorros não estejam nas ruas e sejam muito bem tratados aqui, eles não têm todo o carinho e amor de uma família. Por isso, adotar é tão importante”.

De acordo com recomendações do Conselho de Medicina Veterinária, além do incentivo à adoção dos animais, é preciso que as pessoas atentem para as responsabilidades dos donos. “O número de animais abandonados é muito alto. No nosso Canil, 90% dos cachorros são tirados das ruas e, muitas vezes, em situações precárias, machucados e desnutridos. Por isso, ultrapassamos nossa capacidade de acolhimento”.

(Foto: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

COMO ADOTAR

Para mudar esse cenário em Guarapuava, ao longo deste ano, a equipe do Canil Municipal está planejando feiras de adoção regulares. Conforme Fabio Gorski, todos os animais que participam de feira de adoção precisam estar castrados. “Estamos neste processo. Mas quem tem interesse em adotar um animal também pode nos procurar aqui no Canil”.

Nestes casos, se a pessoa se afeiçoar a um dos animais que está no Canil, mas que não seja castrado, é preciso assinar um termo de responsabilidade pela castração. São pré-requisitos para a adoção responsável, o dono ter mais de 18 anos e se responsabilizar pela vida inteira do animal, por meio de um termo de compromisso que garante o cuidado e bom tratamento.

(Foto: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

Para conhecer os cães do Canil Municipal que aguardam por uma família, basta entrar em contato pelos telefones: (42) 3624-6246 ou (42) 3624-2214. O atendimento ao público é de segunda a sexta, das 13h às 17h.

RESPONSABILIDADE

Vale ressaltar que abandono e maus tratos de animais é crime. A denúncia é legitimada pelo Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605 de 1998 (Lei de Crimes Ambientais) e o Art. 164 do Código Penal. Assim, a pena prevista pelo Art. 32 da Lei de Crime Ambientais é de detenção de 3 meses a 1 ano e multa.

Entretanto, a pena prevista pelo Art. 164 do Código Penal é de detenção, de 15 dias a 6 meses, ou multa. Porém em ambas, ocorre a perda da guarda do animal. Maus tratos e abandono devem ser denunciados discando 156.

(Foto: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ON-LINE

CRAM de Guarapuava atua com atendimento remoto nesta semana

NOVO BOLETIM

Guarapuava registra seis novos casos de covid-19 em 24h

NOVO PERÍODO

Paraná registra 1ª morte por dengue durante os últimos quinze dias

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com