Agências do INSS não abrem como previsto, inclusive em Guarapuava

A retomada do atendimento presencial estava previsto para esta segunda (14). Em nota oficial, o órgão afirmou que a data não era adequada

Agências do INSS não abrem como previsto, inclusive em Guarapuava (Foto: Reprodução/Agência Brasil)

As agências do do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que estavam previstas para reabertura nesta segunda (14), não reabriram. Inclusive em Guarapuava, Curitiba entre outros municípios do Estado. Conforme informações, filas de pessoas aguardando atendimento se formaram, em Curitiba.

Elas ficaram aguardando sem receber qualquer tipo de comunicado. De acordo com o INSS, cerca de 600 agências seriam reabertas nesta segunda (14) no país, o que corresponde a menos da metade das agências. Essas agências são as que tem maior capacidade de atendimento.

EM GUARAPUAVA

A Agência do INSS de Guarapuava, deveria ter reaberto, mas também está de portas fechdas. O Portal RSN fez contato com a Agência, confirmar o início do atendimento presencial via telefone, porém não obtivemos resposta. Além de Guarapuava e Curitiba, as agências de Cascavel, Foz de Iguaçu e Londrina permanecem fechadas. Conforme o INSS, todas as agências previstas para reabrir estão disponíveis pelo site.

RESPOSTA DO INSS

Em nota, o INSS informou que a segunda (14) será um dia muito sensível para servidores e segurados. Ainda conforme as informações do INSS, a não abertura das agências foi por causa da não adequação dos espaços, diante das necessidades de segurança e distanciamento social por conta da pandemia. Em trecho da nota, o órgão afirmou que a data prevista não era a ideal.

Permanecemos quase seis meses sem atendimento presencial. Assim, o INSS entendeu que não seria adequado acrescentar mais esse compromisso num dia-chave para a instituição e a população.

ADIAMENTOS

Dessa maneira, o INSS fechou as agências para atendimento presencial no fim de março. A medida foi tomada como forma de enfrentamento da pandemia da covid-19. Inicialmente, a reabertura estava prevista para 13 de julho. Porém, uma primeira prorrogação determinava a retomada gradual do atendimento presencial a partir de 3 de agosto. Logo depois, o governo passou para 24 de agosto. A última data seria esta segunda (14).

Por fim, pelo aplicativo Meu INSS e o telefone 135, solicitações de aposentadoria, pensão e salário maternidade, permanecem sendo feitos de forma remota.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

INDIGNAÇÃO

Em Candói, manifestantes pedem prisão para agressores de animais

LEI ALDIR BLANC

Setor cultural pede socorro para não perder recurso emergencial

PROGRAME-SE

'Trenzinho da Luz' oferece passeio gratuito pela 'Cidade dos Lagos'

Comentários