Agentes da cadeia interceptam drogas e chips em materiais de higiene

As porções de droga e os chips de celulares estavam em uma encomenda de material de higiene que seria entregue para um preso da cadeia de Guarapuava

Agentes da cadeia interceptam drogas e chips em materiais de higiene (Foto: Depen)

Agentes da Cadeia Pública de Guarapuava apreenderam maconha e chips para celular durante uma revista em materiais de higiene enviados pelos Correios para um preso. O material foi encontrado na terça (14),  mas só foi divulgado ontem (16) pelo Depen – Departamento Penitenciário.

De acordo com o Depen, a droga estava escondida dentro de rolos de papel higiênico e também em um tubo de pasta de dente. Conforme o chefe de cadeia, Wellington Rodrigo de Oliveira, todo material que chega a carceragem passa por uma revista rigorosa, que ocorre por meio de equipamentos eletrônicos e também de forma manual.

“Ao passar os materiais pelo scanner notamos que havia algo diferente e ao abrir os materiais de higiene encontramos os ilícitos que foram encaminhados à delegacia para que sejam tomadas as providências necessárias”.

(Foto: Depen)

Por fim, todas as informações do remetente e do preso que receberia o material foram repassadas à Polícia Civil que investigará o caso.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

NOVIDADE

Prédio antigo da catedral será transformado em santuário em Guarapuava

RECAPTURADO

Equipe do Choque prende foragido da cadeia pública de Guarapuava

FURTO E FUGA

Mulher furta carro, abastece e foge sem pagar e é presa em Guarapuava

Comentários