Ameaça termina em tentativa de homicídio em Santa Maria do Oeste

Filho do homem ameaçado com uma espingarda saiu em defesa do pai e deu duas facadas no rapaz que fez a ameaça. Ele ficou gravemente ferido

Ameaça termina em tentativa de homicídio em Santa Maria do Oeste (Foto: Arquivo/RSN)

Um desentendimento por pouco não terminou em morte nessa noite de natal (25) em Santa Maria do Oeste. Conforme informações da Polícia Militar, a lesão corporal grave ocorreu por volta das 19h20 na Localidade de Santo Antonio.

No local, um homem de 67 anos relatou aos policiais que estava na casa de um conhecido. Mas em determinado momento, o filho desse conhecido, de 25 anos lhe respondeu com tom de agressividade. Assim, o homem informou que foi embora para sua casa.

Entretanto, conforme relato feito aos policiais, minutos depois, o filho do conhecido foi até sua casa em um GM Astra Prata e o ameaçou com uma espingarda. Ao ver o pai sendo ameaçado, ele disse que seu filho, de 28 anos saiu em sua defesa e deu duas facadas no acusado de ameaça.

Ainda de acordo com a PM, após ser atingido pelos golpes de faca, o rapaz desmaiou e foi socorrido pelo cunhado e levado inicialmente até o pronto atendimento municipal. Depois, devido a gravidade dos ferimentos, foi encaminhado para o hospital de Ivaiporã.

AUTOR

O autor dos golpes de faca se entregou à polícia espontaneamente. Além disso, repassou aos policiais a faca com lâmina de 14 centímetros usada na agressão. Na casa do pai do ferido, estava estacionado o GM Astra Prata. A espingarda não foi encontrada, mas dentro do carro, a PM localizou uma munição deflagrada de calibre 36 marca CBC e uma faca com bainha e lâmina de 27 centímetros.

Conforme a polícia, não foi possível fazer buscas na casa do pai do ferido, já que no local não havia ninguém. O autor dos ferimentos e a arma branca apreendida foram levados para a 45ª DRP de Pitanga.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

PANORAMA COVID-19

Coronavírus: Guarapuava tem 101 casos em monitoramento

COVID-19

Pinhão registra mais três casos suspeitos. Duas pessoas estão internadas

TEMPO

Em Turvo, 20 casas foram destelhadas pelo vendaval

Comentários