Apesar da falta de uso de máscaras, casos continuam estáveis

Falta de máscaras não é mais desculpa para que está saindo às ruas sem essa proteção. Há pessoas vendendo e doando para quem não tem

Apesar da falta de uso de máscaras, casos continuam estáveis (Foto: RSN)

Embora boa parte da população que mora em Guarapuava não esteja usando máscara para sair às ruas, o boletim desta terça (14), mostra que a situação continua estável em Guarapuava. Foram liberados 117 pacientes que estavam em isolamento domiciliar, outros 120 cestão sendo monitorados. Apenas quatro estão em investigação e aguardam resultados de exames e 78 foram descartados. Porém, o único paciente com caso confirmado continua na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital São Vicente.

Assim, para conscientizar a população sobre a importância do uso de máscaras, o prefeito Cesar Silvestri Filho (Podemos) e o secretário municipal de Saúde, Celso Goes (Cidadania) não poupam apelos. Agora, unem-se a esse coro, entidades empresariais de Guarapuava. A Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (Acig), o Clube de Diretores Lojistas (CDL) e o Sindicato Patronal se mobilizam para um trabalho de conscientização no próprio comércio e junto aos consumidores.

“Mais do que nunca é preciso ficar em casa e só sair para coisas rápidas. Não pode sair de casa sem máscara. É preciso respeitar o distanciamento social e as normas de higiene”, clama Celso Goes.

SÓ NÃO USA QUEM NÃO QUER

Em Guarapuava e outros municípios da região, como Turvo, Pinhão, Candói, por exemplo, voluntárias de unem para a confecção de máscaras que são doadas às pessoas. Em Guarapuava, a Loja Giany Maria dispôs máscaras de graça na vitrine. Quem não tem basta ir até lá e pegar a sua.

Porém, a confecção de máscaras se transformou em fonte de renda para muitas famílias. Assim, quem quiser a sua, basta procurar nas redes sociais que há de todas as cores e estampas. O valor oscila de R$ 3 a R$ 10.

(Imagem: Secom)

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CRIMINALIDADE

Região de Guarapuava tem aumento no número de homicídios

CORONAVÍRUS

Covid-19: Guarapuava não registra novos casos nas últimas 24h

SOLIDARIEDADE

'Vidas por Vidas' ainda precisa de ajuda para comprar lavanderia

Comentários