Bolsonaro confirma Renato Feder para o Ministério da Educação

Renato Feder deixa a Secretaria de Estado da Educação para enfrentar o desafio nacional da volta às aulas e da prova do Enem

Bolsonaro confirma Renato Feder para o Ministério da Educação (Foto: AEN)

O secretário de Educação do Paraná, Renato Feder é o novo ministro da educação. O anúncio foi feito nesta sexta (3). O nome de Feder de 42 anos, vinha sendo cogitado há dias, mesmo antes da nomeação de Carlos Decotelli. Este ficou no ministério apenas cinco dias e na terça (30) pediu exoneração após escândalo por falsos títulos de doutorado e pós-doutorado.

De acordo com o Portal da Educação do Paraná, o novo ministro é graduado em Administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e mestre em Economia pela Universidade de São Paulo (USP). Conforme a trajetória profissional do novo ministro, como professor tem experiência na Educação de Jovens e Adultos, lecionando matemática durante 10 anos. Também foi diretor de escola por oito anos.

Além disso, foi assessor voluntário da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. Porém, em 2003, quando tinha 24 anos, assumiu uma empresa de tecnologia, que se tornou bilionária. Todavia, deixou o cargo de CEO para assumir a secretaria do Paraná a convite do governador Carlos Massa Ratinho Junior.

DESAFIO

O principal desafio de Renato Feder como ministro será dar resposta às demandas educacionais durante a pandemia da covid-19. Assim, a prova do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) e a volta às aulas estão na linha de frente dessas demandas.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

INDECISO

Bolsonaro diz que vai revogar decreto sobre participação privada no SUS

CARTA DE IMPEACHMENT

Em carta, preso pede a Maia processo de impeachment contra Bolsonaro

CONSTRUÇÃO CIVIL

Construção civil apresenta inflação de 1,69% em outubro, diz FGV

Comentários