Candidatura de João Michalichen Neto é indeferida em Prudentópolis

De acordo com a justiça, Michalichen participou da convenção do PSD, lançou-se candidato, mas não registrou a candidatura no prazo

Candidatura de João Michalichen Neto é indeferida em Prudentópolis (Foto: Reprodução/Youtube)

A Justiça Eleitoral indeferiu o registro da candidatura de João Michalichen Neto (PSD). Ele pleiteava uma vaga na Câmara de Vereadores de Prudentópolis. De acordo com a justiça, a  sentença publicada na semana passada declara a intempestividade do pedido de registro do candidato.

De acordo com a justiça, ele participou da convenção do PSD, lançou-se candidato, mas não registrou a candidatura no prazo. Conforme a informação, João registrou a candidatura depois de 26 de setembro. Ele utilizou o prazo aberto em vaga existente para a substituição de candidaturas.
Entretanto, João Michalichen Neto recorreu da decisão judicial por meio de embargos de declaração. Todavia, o Juiz Eleitoral Alberto Moreira Côrtes Neto negou o pedido. Como ainda cabe recurso, ele pode continuar com os atos de campanha. Entretanto, se tiver o registro negado de forma definitiva, após o trânsito em julgado, os votos destinados a ele não entram na contagem. Nem individualmente e nem na legenda do partido para fins de cálculo de distribuição de vagas.
João Michalichen Neto já foi vereador por cinco mandatos consecutivos, de 1997 a 2016.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

TRIBUTO

Deputados aprovam projeto que restabelece parcelamento de ICMS

MESA EXECUTIVA

Marcelinho e 'Gilson da Ambulância' formam bloco para a Câmara

PARCERIA

Aliel entrega veículo para Comunidade Terapêutica Rosa Mística em PG

Comentários