Celso Goes anuncia contratações e novo modelo de ‘call center’

Saúde vai contratar 10 médicos, cinco profissionais de enfermagem e cinco técnicos. Gestantes terão atendimento diferenciado contra o coronavírus

 

Secretário de Saúde, Celso Goes, atualiza as ações para o combate do novo coronavírus (Foto: Reprodução/Facebook)

Uma chamada pública para aumentar a equipe de profissionais de saúde um novo estilho de call center foram as novas medidas anunciadas pelo secretário municipal de Saúde, Celso Goes. Ele entrou com uma live no Facebook, no começo da noite desta quinta (9), como vem fazendo diariamente.

De acordo com o secretário, serão contratados 20 profissionais de saúde, sendo 10 vagas para médicos, cinco enfermeiros e cinco técnicos de enfermagem. Conforme Celso Goes, o cadastro estará disponível já nesta segunda (13), no site da Prefeitura.

Porém, os interessados devem ficar atentos porque a contratação será por ordem de inscrição. Portanto, não haverá nenhum teste. O contrato será, inicialmente, por seis meses, com possibilidade de prorrogação. Assim os novos contratados se somarão à equipe da Secretaria de Saúde no trabalho de enfrentamento ao novo  coronavírus.

CALL CENTER

O novo modelo de call center anunciado pelo secretário Celso Goes será exclusivo para as gestantes. “Nenhuma gestante atendida pele rede de saúde pública ficará sem atendimento, independente de baixo, médio ou alto risco”.

Segundo o secretário, o que muda em relação ao outro que já está sendo ofertado, é que a gestante não precisa buscar o atendimento. “Cada gestante cadastrada nas unidades básicas de saúde receberão uma ligação do médico ou enfermeira. Esses profissionais orientaram o que deverá ser feito e se precisará ir até o Cisgap, Prontos Atendimentos ou na UBS onde está cadastrada”.

Conforme Celso Goes, a medida é de proteção à saúde da mãe e do bebê. “Não queremos que as gestantes saíam de casa. Queremos evitar aglomerações. É bom relembrar que todas as gestantes estão no grupo de risco”.

CURVA ESTÁVEL

(Foto: Reprodução/Pixabay)

O secretário Celso Goes divulgou também o boletim com os números do novo coronavírus no município. Segundo a Secretaria, Guarapuava tem 127 casos sendo investigados e monitorados. Desses, 121 estão sendo monitorados em isolamento domiciliar e seis são casos suspeitos. Ou seja, ainda aguardam a comprovação do Laboratório Central do Estado (Lacen).

Ainda segundo o boletim da secretaria, outros 69 casos foram descartados pelo Lacen e 79 casos foram liberados do isolamento domiciliar. Até o momento, o município continua com apenas um caso confirmado. Trata-se de um paciente de 57 anos que permanece internado desde o dia 20 de março na UTI do Hospital São Vicente.

Em relação ao estado de saúde do paciente, Celso Goes disse que a Saúde não possui acesso, já que se trata de uma informação que só compete ao médico e ao paciente. “É uma questão de ética médica”. Porém, disse que o  homem continua respirando com o auxílio de aparelhos e que o seu estado continua estável.

OUTROS MUNICÍPIOS DA REGIÃO

Entretanto, conforme o último boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), dos 14 municípios que integram a 5ª Regional de Saúde do Estado, apenas Guarapuava e Pinhão tem casos confirmados, um em cada cidade. Entretanto, conforme o boletim, seis municípios da regional têm casos suspeitos para a doença nesta quinta (9). São eles, Campina do Simão (1), Guarapuava (1), Nova Laranjeiras (2), Pinhão (3), Pitanga (1) e Prudentópolis (2).

PARANÁ

Segundo a Sesa, os novos casos do novo coronavírus no Paraná, foram registrados são municípios de Cascavel (1), Curitiba (12), Toledo (1), Londrina (5), Cambe (1), Arapongas (1), Araruna (1), Rio Negro (1), Mandirituba (1), Quatro Barras (1), Rio Branco do Sul (1), Campo Largo (1), Piraquara (1), Fazenda Rio Grande (2), Ivaiporã (1), São João do Ivaí (1), Paranaguá (1), Bandeirantes (1), Maringá (2).

Paraná registra sete mortes e 71 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas (Gráfico: RSN)

Porém, de acordo com os dados da secretaria estadual, o Paraná tem 621 casos confirmados, 5.504 casos descartado, 346 em investigação e 24 mortes decorrentes do novo coronavírus. Dos pacientes, há 117 pacientes internados, sendo que, 68 estão em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 49 em leitos clínicos. Dentre os 399 municípios do Estado, 74 já confirmaram casos ou mortes decorrente da Covid-19.

BRASIL

O Ministério da Saúde divulgou no fim da tarde desta quinta (9), o mais recente balanço dos casos da Covid-19 no Brasil. Assim, os números mostram o avanço do coronavírus no país. De acordo com o ministério, de ontem (8) para hoje as confirmações subiram de 15.927 para 17.857. Já em relação às mortes, o número saltou de 800 nesta quarta (8) para 941 nesta quinta (9) com uma letalidade 5% no Brasil.

Pelo terceiro dia consecutivo, o Brasil registrou novo recorde de mortes decorrentes do novo coronavírus em um único dia, nesta quinta (9). De ontem para hoje, foram 141 óbitos. O Brasil registrou na terça (7), pela primeira vez desde o início da pandemia, mais de cem mortes pela Covid-19 em um dia. A tendência, segundo o Ministério da Saúde, é que esses recordes sejam superados dia após dia, com a escalada das contaminações pelo País esperada para as próximas semanas.

Por fim, o último boletim panorâmico da Organização Mundial da Saúde (OMS) desta quinta (9), mostra que o número de mortos subiu para 94,9 mil pessoas. Ainda de acordo com a OMS, o vírus já infectou 1,5 milhão de pessoas em 214 territórios, sendo que, a Organização da Nações Unidas reconhece apenas 193 territórios como países oficiais. Porém, 353 mil pessoas foram curadas em todo o mundo.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

COVID-19

Dois casos de covid-19 foram confirmados em Guarapuava neste domingo

INCÊNDIO

"O incêndio deixou a casa totalmente destruída" afirmam bombeiros

DIA DA ÁRVORE

Instituto Água e Terra desenvolve ação para o Dia da Árvore

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com