Corpos de crianças carbonizadas não têm prazo para liberação no IML

Chamas destruíram uma casa de madeira no Interior de Turvo. Dois meninos, de dois e quatro anos, morreram carbonizados e identificação só por DNA

(Foto: Corpo de Bombeiros)

O Instituto Médico Legal (IML) de Guarapuava não sabe quando vai liberar os corpos de duas crianças que morreram carbonizadas nesta sexta (14) em Turvo.

De acordo com o plantão do IML, os corpos ficaram totalmente carbonizados e não há como identificar os dois meninos, de dois e quatro anos de idade. “Os corpos estão calcinados, ou seja, houve a queima dos ossos. Portanto, não nenhum tipo de vestígio que possa identificá-los”. Nesses casos, segundo o plantonista, é preciso entrar no protocolo de identificação que seria, primeiramente, por impressão digital; depois arcada dentária e, finalmente por DNA. “O DNA é um processo mais moroso e é o caso dessas crianças. Mesmo porque, as informações que temos é que não são da mesma família”. Porém, conforme o plantão do IML, foi possível dissecar os corações das vítimas e colher sangue que agora será confrontado com o tipo sanguíneo de pessoas das famílias para a identificação das vítimas.

A TRAGÉDIA

(Foto: Corpo de Bombeiros)

Conforme o Corpo de Bombeiros, o incêndio ocorreu por volta das 16h22 desta sexta, na PR-466, perto da comunidade de Dodge, a 200 metros da rodovia. Segundo o Bombeiro, as crianças estavam dormindo, sozinhas em casa. A mãe encontrava-se numa vizinha onde teria ido buscar um bolo e quando viu a casa estava em chamas.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, ao lado da casa de madeira, havia uma casa de alvenaria que já estava sendo atingida pelo fogo. “Quando a nossa equipe chegou a casa de madeira estava totalmente destruída. as crianças foram encontradas uma ao lado da outra no quarto totalmente carbonizadas. O serviço da equipe foi resfriar a casa ao lado”.

Conforme a Polícia Militar, os pais serão ouvidos na segunda (17) os pais serão ouvidos.

Leia outras noticias no Portal RSN

Relacionadas

RODOVIA FEDERAL

Quatro pessoas ficam feridas em batida com três carros na BR-277

VIOLÊNCIA

Sábado sangrento deixa três mortos em Rio Bonito Iguaçu

PERIGO

Caminhoneiro é assaltado por bandidos armados em Prudentópolis

Comentários