Delegado disse que morte de adolescente foi por ciúme

Louise foi morta com golpes de faca desferidos por uma ex-amiga. A criminosa está detida e será transferida para um centro de socioeducação

Delegado disse que morte de adolescente foi por ciúme (Foto: Alencar Souza)

O delegado Bruno Miranda Maciozek encerrou as investigações sobre a morte da adolescente Louise Emanoelle Caldas da Silva, de 17 anos. Ela morreu após receber golpes de faca, desferidos por uma ex-amiga por volta das 17h de domingo (20) em Pinhão.

De acordo com o delegado, a autora do crime, outra adolescente, de 16 anos, está detida em sala especial na Delegacia da Polícia Civil na cidade. “Por lei ela fica até cinco dias detida, por ser menor. Em seguida, haverá transferência para um centro de socioeducação”. Conforme Maciozek, no Paraná há três unidades que abrigam mulheres: Foz do Iguaçu, Ponta Grossa e Curitiba.

Conforme informações recebidas de moradores, o crime foi motivado por rixa antiga entre as duas. Entretanto, o pivô foi o ex-namorado de ambas. Maciozek confirma essa versão. “Foi briga por ciúmes”.

De acordo com uma pinhãoense, a “Louise já tinha batido na W. lá no Procópio. E a W. disse que ia se vingar da Louise. Mas antes disso eram bem amigas”. De acordo com outra fonte do RSN, uma delas tinha ‘tomado’  o namorado da outra. “Foi isso que provocou a desavença”.

MATOU E FICOU ‘DE BOA’

Entretanto, um áudio enviado ao Portal, e que está sendo divulgado em redes sociais, mostra o relato de uma testemunha. “Eu ‘tava’ na parte de cima da praça com uma galerinha e escutei um vulto assim: olhe as meninas brigando. Elas estavam ali bem perto do container azul da pista de skate. Depois, eu vi a W. subindo com um punhalzão cheio de sangue, sabe. Ela subiu com a mão ensanguentada e disse: isso é para ela se espertar. Ela chegou e sentou. Ficou bem de boa lá. Daí conversou com os cara lá. Daí uma loirinha que estava com ela foi lá onde estava a menina e já subiu louca, assim, gritando. Tomou o punhal dela e disse: suma daqui, suma daqui que a menina está morrendo. Daí a W. falou: não dá nada. Sou de menor e amanhã já estou solta. E foi caminhando para casa assim, bem de boa. Ela estava fria”.

Louise chegou a ser levada para o hospital da cidade. Porém, não resistiu e morreu. O sepultamento ocorreu por volta das 17h30 dessa segunda (22), no Cemitério Municipal de Pinhão.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ATENTADO CONTRA A POLÍCIA

Dois policiais ficam gravemente feridos em atentado com bomba

FURTOS E ROUBO

Nas últimas 24h, PM registra três furtos e um roubo em Guarapuava e Região

INOCENTADO

Taxista envolvido em sequestro de Tamires é inocentado pela polícia

Comentários