Depen confirma que cerca de 150 presos foram transferidos nesta manhã

90 homens que estavam em Pitanga e 51 mulheres das unidades prisionais de Guarapuava e Manoel Ribas foram movimentados nesta quinta (30)

90 homens que estavam e 51 mulheres foram movimentados nesta quinta (30) (Foto: Reprodução/AEN)

Na tarde desta quinta (30) o Departamento Penitenciário (Depen) confirmou que cerca de 150 presos foram movimentados na Região de Guarapuava. O motivo é a transformação da Cadeia Pública de Pitanga em uma unidade de custódia feminina. Os 90 detentos que estavam na unidade foram distribuídos entre as demais unidades prisionais da Região.

A retirada dos detentos de Pitanga e a transferências das mulheres para a unidade foram feitas sob coordenação de agentes penitenciários do Setor de Operações Especiais (SOE) do Depen, com o apoio da Companhia de Choque e da Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) do 16º Batalhão da Polícia Militar.

De acordo com o coordenador regional, Antonio Marcos Camargo de Andrade, pela manhã, um comboio de viaturas removeu os 90 presos homens que estavam em Pitanga para a Cadeia Pública de Guarapuava e para a Penitenciária Industrial e Unidade de Progressão da Penitenciária Estadual.

Assim, além dos 90 homens que estavam em Pitanga, 51 mulheres de outras unidades prisionais de Guarapuava e Manoel Ribas também foram movimentadas. Elas foram retiradas de suas unidades e, agora, passam a ser custodiadas na Cadeia Pública de Pitanga.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

OPORTUNIDADE

Guarapuava abre teste seletivo para programa de residência médica

MORTE

Idoso é encontrado morto em frente de casa em Prudentópolis

CONQUISTA

Bituruna, capital paranaense do vinho, busca a Indicação Geográfica (IG)

Comentários