Diego Maradona morre aos 60 anos em Tigre, na Argentina

De acordo com informações, Maradona, que era conhecido como 'pibe de ouro' passou por uma cirurgia delicada no cérebro no começo de novembro

Diego Maradona morre aos 60 anos em Tigre, na Argentina (Foto: Reprodução/Terra)

Um dos maiores jogadores de futebol do mundo e lenda do esporte argentino, Diego Armando Maradona, morreu nesta quarta (25) aos 60 anos. O craque sofreu uma parada cardiorrespiratória quando estava na casa onde morava, em Tigre. As informações são do jornal Clarín.

Maradona, que era conhecido como ‘pibe de ouro’ passou por uma cirurgia delicada no cérebro no começo de novembro. Assim, após oito dias, recebeu alta. O ex-jogador drenou uma hemorragia no cérebro. No entanto, o médico que o atendeu, Leopoldo Luque, afirmou que apesar da cirurgia ser considerada simples, as condições de saúde de Maradona eram preocupantes.

UMA HISTÓRIA DE SUCESSO NO FUTEBOL MUNDIAL

(Foto: Reprodução/Terra)

Maradona leva a quarta posição do ranking de jogadores que mais ganharam copas mundiais. Ele esteve em campos nos jogos de 1982, 1986, 1990, 1994. Em 1986, ficou eternizado pelos gols que marcou contra a Inglaterra. A partir daquele momento, ficou reconhecido na Argentina como um ‘deus do futebol’. Nessa época, também se tornou conhecido em todo o mundo pela ‘mão de Deus’.

Diego Maradona nasceu em 30 de outubro de 1960 em Lanús, província de Buenos Aires. Além disso, foi técnico do Gimnasia y Esgrima.

A carreira como jogador começou no Argentinos Juniors, clube onde atuou entre 1976 e 1981. Depois, jogou um ano no Boca Juniors e se transferiu para o Barcelona, onde atuou entre 1982 e 1984. E, passou por Napoli, onde ganhou uma Copa da Uefa, dois Campeonatos Italianos, uma Copa e uma Supercopa da Itália.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

ALERTA

Procon alerta sobre perigo de kit 'fake' de vacina contra a covid-19

HOMENAGEM

Praça da Ucrânia terá monumento esculpido com ícones da cultura

CUIDADOS DEVEM CONTINUAR

Apesar da vacinação, prefeito pede cautela à população

Comentários