Digitalização do atendimento público evita milhões de deslocamentos

Segundo o ministério, 59% dos serviços estão totalmente digitalizados. A meta é atingir os 100% de digitalização dos 3,3 mil serviços até 2022

Segundo o ministério, 59% dos serviços estão totalmente digitalizados (Foto: Reprodução/Agência Brasil)

A Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia contabiliza que milhões de brasileiros deixaram de sair de casa e se dirigir a uma repartição pública para buscar alguma informação, dar entrada em algum pedido ou mesmo acessar direitos.

Segundo estimativa da secretaria, com os atuais serviços à disposição na internet, 65 milhões de atendimentos por ano deixam de exigir a presença do cidadão em órgãos públicos. Esse número tende a ser mais expressivo com o passar do tempo. Assim, a meta é atingir os 100% de digitalização dos 3,3 mil serviços até 2022. Hoje, 59% desses serviços estão totalmente digitalizados.

Em nota do Ministério da Economia, o coordenador de Relacionamento e Portfólio, Marcos Ricardo dos Santos afirma que esta é uma transformação para o governo. “Procurando ser mais acessível e ágil na prestação de serviços públicos e mais ainda na vida do cidadão”.

Sendo assim, a iniciativa evita deslocamentos em tempo de pandemia da covid-19. “Pessoas que antes tinham de se deslocar para agências e outras unidades de órgãos públicos agora conseguem fazer o atendimento completo sem sair de casa”.

Assim, os serviços disponíveis estão no portal do governo. De janeiro a junho deste ano, o número de usuários acessando mensalmente o portal passou de 4,6 milhões para 12,1 milhões. Desde o início da pandemia, mais de 250 modalidades de atendimento do serviço público federal ficaram disponíveis no portal.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

NOVA MEDIDA

TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020

TRAGÉDIA

Avião cai e mata parte de equipe de time de futebol em Tocantins

AUMENTOU

Emprego cresceu na indústria em dezembro de 2020

Comentários