Dono de propriedade denuncia famílias do MST por esbulho possessório

Uma mulher do MST relatou que as famílias se alojaram no local e estariam respeitando o limite de 5 alqueires até o terreno do proprietário

Dono de propriedade denuncia famílias do MST por esbulho possessório (Foto: Arquivo/RSN)

Cerca de 45 pessoas invadiram uma propriedade em Pinhão, de acordo com a Polícia Militar. Assim, por volta das 13h30 dessa quarta (7), um homem relatou que um dos colaboradores o informou que uma propriedade dele estaria sendo invadida por pessoas ligadas ao Movimento Sem Terra. A propriedade fica na Localidade Bom Retiro.

Assim, a PM se dirigiu ao local. Em conversa com um homem de 45 anos que é um dos integrantes do MST, esse informou que a área ocupada não faz parte da propriedade adquirida pelo reclamante. Além disso, conversou com os policiais e solicitou uma cópia da documentação. Assim, disse que iria averiguar o documento.

Uma mulher de 52 anos que faz parte do MST também se apresentou. Ela relatou que as famílias se alojaram no local. Além disso, afirmou que estariam respeitando o limite de cinco alqueires até o terreno do homem que fez a reclamação. Também afirmou que vão permanecer no local até que as documentações comprovem a propriedade da área. Por fim, a equipe orientou os envolvidos.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

20 NOTIFICAÇÕES

Operação AIFU fiscaliza comércios em Guarapuava, Pitanga e LS

MISTÉRIO

Morador levado por ladrões nesse sábado (24) em Rio Bonito é executado

TIROS NA RUA

PM prende 2 homens que estavam dando tiros em Guarapuava e Pinhão

Comentários